Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ANDRADINA

A prefeitura de Andradina instituiu o chamado “toque de recolher” no município através de decreto publicado pela prefeita Tamiko Inoue (PSDB) nesta segunda-feira.

De acordo com o que foi determinado pela chefe do executivo, fica proibida a locomoção de pessoas, exceto por razão de trabalho, bem como a abertura de qualquer tipo de estabelecimento comercial ou de serviço, entre 22h e 5h no município. A proibição vale a partir do dia 1º e vai até o dia 14 de julho.

À exceção do decreto estão os serviços essenciais, que precisam continuar funcionando durante o final da noite e a madrugada, como por exemplo farmácias, serviços funerários, de assistência social, fiscais do serviço público, postos de combustíveis, hospitais, assim como as pessoas que trabalham nestas áreas.

A medida tem como objetivo evitar aglomerações e aumentar o índice de isolamento social, para evitar a propagação do contágio do novo coronavírus. De acordo com o texto do decreto, o Comitê Municipal de Combate à covid-19 emitiu parecer favorável ao toque de recolher e o considera medida efetiva e necessária para reduzir o fluxo populacional, com objetivo de diminuir a propagação de casos do vírus. As medidas foram adotadas mesmo o município estando com a situação sob controle e sem paciente em UTI.

Sem bebida e fumo

Além disso, também fica proibido no município de Andradina através do decreto publicado pela prefeita, o consumo de bebidas alcoólicas em qualquer período do dia ou da noite em espaços ou praças públicas, assim como fica proibido o consumo de cachimbo de narguilé, assim como o consumo de bebidas em recipientes compartilhados.

Punição

Os infratores, sejam eles pessoas físicas ou empresas, que descumprirem as medidas, estarão sujeitas à fiscalização e aplicação de multas.

O descumpridor do decreto será enquadrado no crime de medida sanitária. No caso de estabelecimentos, além da multa, a empresa corre o risco de ter o alvará de funcionamento cassado.

Comércio

O decreto publicado ontem pela prefeita Tamiko Inoue também restringiu o horário de funcionamento das lojas do comércio de Andradina. Já a partir de 1º de julho, as lojas funcionarão das 10h às 16h apenas de segunda à sexta, sendo vedado o funcionamento aos sábados e domingos.

Já o Oeste Plaza Shopping deverá funcionar de domingo à sexta das 12h às 20h, tendo que permanecer fechado aos sábados.

A praça de alimentação do shopping poderá funcionar até às 22h, bem como os bares, restaurantes, trailers e foodtrucks do município. Até este horário está permitido o consumo presencial nos locais, sendo que depois deste horário estes estabelecimentos só poderão funcionar no modo delivery.

Já os estabelecimentos especializados na venda de bebidas alcoólicas, como conveniências, por exemplo, só poderão funcionar até às 18h.

O decreto publicado pela prefeitura ainda traz restrições ao funcionamento dos supermercados aos finais de semana. Aos sábados, todos os estabelecimentos devem funcionar somente até às 20h, enquanto aos domingos só podem abrir até às 13h.

As regras publicadas no decreto são válidas até o dia 14 de julho.


Compartilhe esta notícia!