Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ANDRADINA

Após a briga generalizada ocorrida próxima ao Oeste Plaza Shopping, em Andradina, no final de semana retrasado, a Polícia Militar andradinense intensificou a fiscalização após o caso repercutir nas emissoras de rádio do SRC e no jornal O LIBERAL REGIONAL.

Com mais policiais na rua, as ações de vândalos foram inibidas e, pelo menos na madrugada de sexta para sábado, o efetivo registrou um período tranquilo, sem graves ocorrências.

A intensificação das ações policiais ocorreu principalmente em locais onde se costuma registrar maior aglomeração de pessoas, como a praça Stella Maris e do Tiro de Guerra, além das avenidas Bandeirantes e Guanabara, incluindo o seu prolongamento.

Nenhuma ocorrência grave foi registrada, mas foram aplicadas algumas multas de trânsito.

Três condutores foram flagrados dirigindo sem a carteira nacional de habilitação, e ainda outros dois permitiram que condutores não habilitados conduzissem os seus automóveis.

Ao contrário da última semana, quando a PM de Andradina registrou muitas ocorrências de perturbação de sossego, desta vez apenas um caso de som alto acima dos limites permitidos pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito) foi registrado.

Sete condutores foram autuados por embriaguez ao volante e se recusaram a passar pelo teste do etilômetro. Outras seis CNHs foram recolhidas.

Uma motocicleta também foi recolhida pelos policiais, enquanto outro condutor foi autuado por estar com o licenciamento vencido.

Briga

Durante a briga, ocorrida na madrugada do dia 14 de junho, próxima ao Oeste Plaza Shopping, um homem acabou sendo agredido e na sequência pegou um veículo Corsa branco e tentou atropelar seus agressores.

O capitão da PM de Andradina, Valdomiro Garcia Rafael Júnior afirmou que a polícia não chegou a tempo de resolver o problema por estar em outra ocorrência. (Colaborou Gustavo Trevisan)


Compartilhe esta notícia!