Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – CASTILHO

Por intermédio da prefeita Fátima Nascimento, mais uma empresa vai se instalar em Castilho para gerar renda e emprego. A construtora Construcerto – que já emprega 50 castilhenses, será a responsável pela obra e firmou mais uma parceria com o município para fazer as contratações. De início serão selecionados ajudantes de serviços gerais e pedreiros de ambos os sexos.

Os interessados devem levar currículo ao Balcão de Empregos do município, anexo a Secretaria de Assistência Social e Cidadania, nos dias 22 e 23 de junho (segunda e terça-feira). O servidor Adriano Sales estará recebendo os currículos das 7h às 11h e das 13h às 17h.  As entrevistas ocorrerão na quinta-feira,25, no contêiner montado ao lado do Ciec, onde está em construção o Novohotel.

A futura empresa será montada em um dos galpões da antiga Cesp comprados recentemente por um empresário de Taboa da Serra. Além da já anunciada fábrica de urnas funerárias, no local também haverá uma indústria de transformação de pneus velhos em pó de borracha. Mas antes de instalar os equipamentos, será preciso uma ampla reforma tendo em vista que os galpões estão bastante deteriorados. Ainda será construído um muro de divisória de acesso aos galpões. Esse é um dos motivos que serão contratados de início apenas pedreiros e serviços gerais. Quando estiver em pleno funcionamento, a expectativa é de mais geração de empregos diretos e indiretos. O pedido da prefeita Fátima é que toda mão de obra seja de Castilho, minimizando o desemprego na cidade.

OPORTUNIDADE

Matéria prima de difícil decomposição, os pneus são cada vez mais cobiçados para a reciclagem. O Brasil produz por ano cerca de 50 milhões de pneus e 22 milhões são trocados a cada 12 meses. É de olho nesse descarte que os investidores querem apostar.

Com o pó de borracha, raspagem dos pneus velhos, é possível transformá-lo em vários outros produtos rentáveis, como asfalto ecológico, pisos industriais, sola de sapato, tapetes de automóveis, tapetes para banheiros e borracha de vedação. Também é possível utilizá-los como combustível de forno para produção de cimento, cal, papel e celulose (o pneu é muito combustível, um grande gerador de energia, seu poder calorífico é de 12 mil a 16 mil BTUs por quilo, superior ao do carvão).


Compartilhe esta notícia!