Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ANDRADINA

É satisfatória até aqui a procura dos produtores rurais de Andradina pela vacina da brucelose, que é obrigatória em todo o estado de São Paulo.

A vacinação deve ser aplicada em rebanhos de bovinos e bubalinos até o próximo sábado, dia 30 de maio, e em Andradina, o secretário municipal de agricultura, Willian Santos, os resultados têm sido satisfatórios. “A secretaria de agricultura vem fazendo um trabalho, um programa de vacinação contra a brucelose há vários anos, e graças a Deus, todos os produtores estão se conscientizando, estão ligando na secretaria, estão agendando a vacinação”, comentou em entrevista ao SRC. Os números oficiais da vacinação só serão divulgados pela pasta após o final da campanha.

A vacinação contra a brucelose é feita uma única vez, somente em fêmeas com idade entre três a oito meses.

Entre os principais sintomas da brucelose em bovinos está o abortamento, que pode ocorrer entre os dias 42 e 260 de gestação das vacas, além de outros problemas que implicar na produção do leite. “O principal rebanho nosso hoje é de gado leiteiro e vai influenciar na produção de leite. O abortamento é o principal sintoma quando se trata de brucelose. Além do abortamento, tem alguns sintomas críticos como inflamações nas articulações da vaca, corrimento vaginal também é muito apresentado, e retenção de placenta”, afirmou o titular da pasta.

Andradina está disponibilizando um médico veterinário para realizar a vacinação nos rebanhos localizados no município. O secretário Willian Thomas afirmou que este tipo de vacina só pode ser aplicada por um especialista, para não prejudicar a saúde do gado. “A vacina só é feita por um médico veterinário devidamente capacitado pra isso. Até porque a vacina se trata de uma vacina viva, é uma vacina atenuada, o manuseio dela tem que ser feita por um profissional capacitado”, afirmou.

Produtores rurais andradinenses podem solicitar a vacinação e agendar a ida do veterinário à propriedade através do telefone (18) 3722-5505 ou comparecer à secretaria de agricultura de Andradina na rua Paraíba s/n, esquina com a avenida Rio Grande do Sul.

O secretário Willian Thomas afirmou que, além da vacinação contra brucelose, a pasta da agricultura de Andradina também está focada na alimentação do gado no período mais frio e seco do ano, que já está em vigor. “Nós estamos focados hoje na produção de silagem para a produção de alimentos para a época da seca que agora a gente vai entrar em um período de menor oferta de pastagem, consequentemente menor oferta de alimento para o gado. E estamos focados nessa vacinação da brucelose que a gente pretende vacinar todas as bezerras de 3 a 8 meses até o final de maio”, concluiu. (Colaborou Gustavo Trevisan)


Compartilhe esta notícia!