Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ANDRADINA

A Unimed, em parceria com a prefeitura de Andradina e a Santa Casa, oferecerá os trabalhos de fisioterapia para pacientes infectados com a covid-19. Doentes que estiverem no módulo 3 da doença, que é a fase que necessita da respiração artificial, precisam do trabalho do fisioterapeuta para auxiliar na recuperação. Fisioterapeutas contratados da Unimed irão atuar nas UTIs da Santa Casa com o objetivo de salvar vidas, sendo bancados pelo plano particular.

De acordo com o presidente da Unimed Andradina, Paulo Pereira Assis, a união do público e do privado é fundamental no enfrentamento da pandemia de coronavírus. “Essa pandemia, como é algo novo e tem uma contaminação muito rápida, ela necessita que nós todos, tanto o serviço público, quanto o filantrópico, quanto os serviços particulares como a Unimed, nos unamos para fazer frente a essa situação nova”, afirmou Assis.

Ele explicou que a fisioterapia respiratória é fundamental na tentativa de recuperação dos pacientes acometidos pela covid-19 e que estejam em estado mais crítico. O presidente da Unimed contou que a doença é dividida em três fases e cada uma delas tem um protocolo diferente de tratamento. “O enfrentamento dessa doença é feito através de protocolos. Na fase 1, que são os primeiros 5 dias da doença, normalmente é feito o protocolo de tratamento em domicílio, então esses pacientes são atendidos diretamente no pronto-socorro da Unimed e é feito uma medicação pra domicílio. Se o paciente chega no hospital, procura o atendimento já na fase 2, quando já estão mais acentuados os sintomas, então ele é internado. Nesta fase há outro protocolo de medicação pra tentar não deixar a doença evoluir para uma fase 3, que é a que ele necessita de respirador artificial. Nessa fase necessita do auxílio do fisioterapeuta. Há necessidade de aspiração, fisioterapia respiratória, vários procedimentos que ajudam a ter uma ventilação melhor e uma saturação de oxigênio melhor”, explicou Pereira Assis.

Para presidente da Unimed, combate à pandemia está sendo bem feito em Andradina

Paulo Pereira Assis avalia como bem feito o trabalho que o município vem fazendo no combate à doença. “Na medida do possível o enfrentamento da doença está sendo muito bem feito, tanto pelo município, como pela Unimed e Santa Casa. E quando se junta forças fica mais fácil de enfrentar qualquer doença”, concluiu.

Até o momento, Andradina possui 30 casos confirmados de covid-19, com dois óbitos registrados por conta da nova doença. (Colaborou Gustavo Trevisan)


Compartilhe esta notícia!