Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ANDRADINA

A reportagem do SRC em Andradina recebeu uma grave denúncia nesta semana. Em tempos de intensificação da prevenção da pandemia do novo coronavírus, duas pessoas da cidade que estão sendo monitoradas pela Secretaria Municipal de Saúde e que têm a orientação de ficarem em quarentena nas suas casas, foram vistas pelas ruas andando normalmente.

As duas pessoas são casos suspeitos de coronavírus. Uma das monitoradas, inclusive, foi vista em um supermercado, local de grande fluxo e um dos estabelecimentos que pode ficar aberto neste período de quarentena em todo o Estado de São Paulo, onde facilmente pode ser disseminada a covid-19, caso os monitorados estejam, de fato, contaminados com o vírus.

Na denúncia recebida não foi divulgada a identidade e a idade dos pacientes.

Andradina ainda não registrou nenhum caso positivo de coronavírus desde o início da pandemia, mas registra alguns casos suspeitos.

Autoridades do município estão em alerta para evitar a abertura de lojas durante a quarentena, aglomeração de pessoas e a circulação de indivíduos monitorados pelos órgãos de saúde como possíveis casos suspeitos.

Denúncias sobre este tipo de caso podem ser feitas através do telefone 190 da Polícia Militar, 193 do Corpo de Bombeiros, ou pelo (18) 3702-2353 da FM Cidade 97,9.

O Jornal O LIBERAL REGIONAL divulgou ontem que dois pacientes de UTI da Santa Casa de Andradina ainda aguardam os testes para o coronavírus. Um deles, um homem de 39 anos, já foi liberado e foi orientado a ficar em isolamento domiciliar, enquanto a outra paciente, uma idosa de 74 anos, que é de Valparaíso, segue internada com dificuldades respiratórias.

Um outro paciente, de apenas 9 anos, tem o quadro estável e também aguarda o resultado para saber se testa positivo ou não para o coronavírus.


Compartilhe esta notícia!