Home Cidades Andradina Prefeita acompanha aula inaugural do Cursinho Diferencial

Prefeita acompanha aula inaugural do Cursinho Diferencial

3 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO- ANDRADINA

A prefeita de Andradina, Tamiko Inoue, participou da aula inaugural do Cursinho Diferencial. A iniciativa é uma parcveria do Governo de Andradina e Unesp. A aula inaugural foi na noite desta terça-feira (18), nas dependências da Emef “Anna Maria Marinho Nunes”
A escolha dos 160 alunos foi feita por meio de processo seletivo. Os alunos receberam as boas vindas da prefeita Tamiko, do secretário adjunto da Educação, Ricardo Calestini, da diretora da unidade escolar, Nilza Paulo da Silva e dos coordenadores Almerinda Keila Oliveira da Silva, Danilo Riclowski Wulf e Evandro Martins Gregoleto.
“É com orgulho que venho saudá-los nesta noite. Vocês se destacaram entre tantos concorrentes e agora tem a oportunidade de se prepararem para uma universidade, uma das fases mais importante de suas vidas. Então aproveitem bem esta grande oportunidade e a excelência do ensino disponibilizado. Minha gratidão a toda equipe que colabora para o bom andamento deste projeto”, disse Tamiko.
O cursinho é oferecido gratuitamente em uma cooperação do Governo de Andradina, que arca com os custos do transporte e do material apostilado, com o campus da Unesp de Ilha Solteira, que disponibiliza alunos da universidade que orientados por seus professores ministram as aulas.
“Sabemos que este projeto é excepcional e tem transformado a vida de muitas pessoas. Podemos ver que alguns alunos já estão voltando como professores no cursinho, isso é muito gratificante. A Secretaria de Educação está à disposição, pois sabemos que este Diferencial tem possibilitado uma melhor preparação para o ingresso nas mais concorridas universidades estaduais e federais do país”, destacou Ricardo.
Participam deste Cursinho apenas alunos aprovados em processo seletivo que estiverem cursando o 3º ano do ensino médio em 2020, bem como aqueles que já concluíram, somente em escolas da rede pública, Sesi ou particular com comprovação de bolsa de no mínimo 50%.

 


Compartilhe esta notícia!