Andradina

Avança o Sistema de Produção e Comercialização Agrária

A Secretaria de Desenvolvimento Agrário de Andradina realizou, nesta segunda-feira (27), no Centro Cultural Pioneiros de Andradina, reunião com os grupos produtivos.
Entre os grupos estão os produtores de cheiro-verde, quiabo, mandioca e tomate. A ação faz parte do programa de implantação do Sistema de Produção e Comercialização Agrária do município.
A prefeita Tamiko Inoue anunciou que será feita a parceria com o Sebrae para capacitar os produtores no que diz respeito ao escalonamento da produção, organização de plano de negócios, organização da vida empresarial do produtor.
Também foi apresentada a engenheira agrônoma, Adrieli Ferraz Ribeiro Kiim, que estará a disposição exclusiva pata atender aos grupos produtivos do sistema. “Queremos fortalecer o elo entre o produtor do campo e comércio local e regional, criando um desenvolvimento sustentável”, comentou a prefeita Tamiko Inoue.
A organização do Sistema de Produção e Comercialização Agrária de Andradina é um passo fundamental para a implantação do mini-Ceasa no município. São várias etapas, diálogos com vários setores, que nos permitem enxergar desde o arranjo produtivo local até a rede de compras. O programa já conta com a parceria e contribuição de importantes órgãos da administração pública municipal e instituições tais como Secretarias de Desenvolvimento Econômico, de Agricultura, de Administração, ITESP (Fundação Instituto de Terras do Estado de São Paulo) e ACIA (Associação Comercial e Industrial de Andradina).
O sistema proposto trata simultaneamente das duas pontas fundamentais para o fortalecimento da agricultura familiar no município, da garantia, qualidade, soberania alimentar e também do avanço da economia local, fortalecendo redes de compras e gerando emprego e renda, pois tem foco na organização da produção e comercialização dos produtos.
“Entramos nos ajustes finais da organização da produção agrária e agora estamos na fase de organizar a Central de Negócios e definir o relacionamento com a ponta da comercialização. Já nos reunimos com proprietários da Rede Big Mart e Rede Paz, estamos dialogando com os mercados menores, e muito em breve começaremos a testar o sistema de compra e venda”, ressalta o secretário de Desenvolvimento Agrário, Fernando Magno.

DA REDAÇÃO
Andradina

Comment here