AndradinaCidades

MINISSÉRIE DA SRCTV RELEMBRA FATOS E PESSOAS DA HISTÓRIA

Durante todo o mês de julho, Andradina comemora os 81 anos de fundação. Nesta segunda-feira (30), a SRCTV (emissora de TV canal aberto do Sistema Regional de Comunicação), em alusão à data, lança mais uma minissérie: “Andradina – Terra do Rei do Gado – no túnel do tempo”. “Trata-se de uma produção que visa resgatar fatos e pessoas de nossa história”, disse o presidente do SRC, Nivaldo Franco Bueno. A minissérie vai ao ar diariamente às 11 horas com reprise às 17 horas. No total são oito capítulos com dois blocos cada.

A produção da minissérie conta com farto material dos irmãos Juvenal e Manoel Teixeira de Freitas Filho e imagens cedidas por colaboradores. “Temos muitas imagens de 1967, com câmera super 8 e depois com VHS”, disse Juvenal Teixeira de Freitas, que atuou na produção da minisssérie. Freitas disse que o objetivo é mostrar às pessoas que Andradina tinha tradição na organização de desfiles nas datas cívicas, como aniversário da cidade. “Tínhamos destacadas fanfarras, como do Augusto Mariani, do Anna Maria Marinho Nunes e a premiada Fanfarra do XI de Julho”, recordou Juvenal.

Além de desfiles e importantes eventos, a minissérie resgata, também, personagens da história de Andradina, como Sebastião Lourenço da Silva, o popular Paizinho, pioneiro do transporte de passageiros; o pioneiro do comércio, Manoel Teixeira de Freitas, que foi vereador durante vários mandatos, e personagens políticos, como Ronaldo Blanco, Fermando Morimoto e tantos outros. “Registramos a visita de governadores, como Abreu Sodré e Naudo Natel. Este último mereceu quase um bloco devido às importantes obras que destinou para Andradina, como o novo fórum, o Ginásio de Esportes “Agenor Francisco da Cunha” e o viaduto Miguelão”, afirmou Juvenal.

A minissérie destacou também a administração de Mauro Brito, no início dos anos 1990. “Resgatamos as imagens da inauguração da nova estação ferroviária e o passeio de trem das autoridades entre Castilho e Andradina, e outras viagens com populares. Foi um dia histórico para a cidade”, relembrou Juvenal, que filmou pessoalmente a viagem, transformando-se em personagem da história.

Para o presidente do SRC, Nivaldo Franco Bueno, produzir minisséries sobre Andradina é uma forma de resgatar a história da cidade e de sua gente.

ANTÔNIO CRISPIM
Andradina

Comment here