Compartilhe esta notícia!

Uma live solidária, realizada pela Polícia Militar de Araçatuba e sua banda regimental, em prol de entidades assistenciais, terminou de forma inusitada após o apresentador, o Capitão Vander Duarte dançar black music para pedir mais doações. O vídeo ganhou as redes sociais e até celebridades, como o padre Fábio de Melo e o apresentador Luciano Hulk, compartilharam o trecho no Facebook e o Instagram.

Os passos rápidos e o gingado do capitão chamaram a atenção de quem estava assistindo a live. Até mesmo os colegas de trabalho dele ficaram surpresos, já que a dança não estava no roteiro. No improviso, Duarte deu um verdadeiro show de carisma e animação.

“Eu não imaginava que uma simples dança pudesse fazer tanto sucesso assim. Eu nem sei dançar profissionalmente e deu no que deu”, contou de forma modesta à reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL.

Mas, não foi isso que o público achou. O sucesso foi tanto que o capitão teve até que criar uma conta no Instagram, já que não tinha. Em 24h, já eram mais de 11 mil seguidores.

“Essa foi uma forma encontrada de poder retribuir os comentários e conversar com as pessoas. A ficha ainda não caiu, mas eu estou muito feliz, porque foi por uma boa causa, para ajudar o próximo. Tanto, que conseguimos arrecadar alimentos para mais de 800 cestas básicas e ainda continuamos recebendo doações, agora, de outros lugares do país”, complementou.

HISTÓRIA

O capitão Duarte ingressou como soldado da PM em abril de 1995. Como uma forma de buscar ascensão na carreira e melhorar melhores condições financeiras, ele prestou concurso interno em 1998 e foi aprovado na Academia de Polícia Militar do Barro Branco.

De lá para cá, ele acumulou funções de comando em companhias da PM da região (a última foi em Guararapes), além de ser o chefe da Força Tática de Araçatuba. Atualmente, é coordenador operacional do 2° Batalhão de Polícia Militar do Interior de Araçatuba.

A filha de Duarte também decidiu seguir os mesmos caminhos do pai. Atualmente, é aluna oficial do 3° ano da Academia do Barro Branco e sonha com a carreira policial desde criança.

DANÇA

Não é de hoje que a dança faz parte da vida do capitão Duarte. Desde quando era mais novo e morava na periferia de Santo André, no ABC Paulista, ele já arriscava os passos com amigos. Inclusive chegou a usar um estilo bastante popular, o ‘black power’, em determinada época.

“Nas nossas festas internas da PM eu sempre dancei, mas nunca o vídeo foi publicado, era coisa nossa, de um momento de descontração. Mas, eu sempre dancei”, contou o capitão.

Apesar de todo mundo saber que o capitão é aquele ‘pé de valsa’, a cabo Silvia Campos, policial que apresentou a live solidária ao lado do amigo, nunca tinha o visto dançar. Para ela foi uma surpresa positiva.

“Eu o conheço há mais de dez anos e sempre foi assim: alto astral, bem-humorado e um ótimo profissional. Eu bem sabia que ele dançava  bem, todos comentam, mas nunca tinha visto, isso foi muito legal”, avaliou.

DOAÇÕES

A live solidária ‘Música que alimenta’ ocorreu no último fim de semana em Araçatuba. A banda regimental da PM mostrou todo profissionalismo e destreza com as notas musicais. Foram arrecadadas mais de dez toneladas de alimentos, que serão distribuídos para entidades assistenciais.

Por conta de todo o sucesso da ação, as doações serão recebidas até o próximo dia 11 de setembro. Abaixo, você confere os dados bancários para depósitos. Para outras dúvidas e informações, basta ligar para o número da PM: (18) 99789-7622.

 

DOAÇÕES

Lar Abrigo Ismael

Banco do Brasil

Agência 0179-1

CC: 82020-2

CNPJ: 437650310001/46


Compartilhe esta notícia!