Compartilhe esta notícia!

A Polícia Militar Ambiental da região de Araçatuba prendeu, nessa sexta-feira (28), dois homens por posse irregular de arma de fogo e munição, além de apreender carnes de animais silvestres, em uma fazenda em Rubiácea. Em outra ocorrência, dessa vez registrada por Araçatuba, as equipes flagraram pássaros nativos em situação de cativeiro.

Na primeira ação, os policiais receberam denúncia anônima sobre caça de animais silvestres e posse irregular de armas de fogo em uma fazenda localizada em Rubiácea. Diante disso, as equipes se deslocaram até o endereço a fim de averiguar a situação com um mandado de busca e apreensão.

Chegando ao local, as equipes localizaram em uma das residências quatro munições intactas de calibre 12, dois quilos de carne de jacaré e quase seis quilos de carne de capivara. Em outra casa, a polícia apreendeu duas espingardas de calibre 32, munição, objetos para recarga e mais quatro quilos de carne de jacaré.

Os dois moradores foram levados até a Central de Flagrantes de Araçatuba, onde a ocorrência foi registrada. A dupla permaneceu presa, à disposição da Justiça.

PÁSSAROS

Já em Araçatuba, os policiais estavam em patrulhamento quando se depararam com a manutenção de passeriformes nativos em cativeiro, sendo dois Inhapim, um Coleirinho Papa-Capim, dois Canários da Terra, um Trinca Ferro e um Periquito Rico. Todos estavam acondicionados em gaiolas penduradas na área da frente da residência, sem autorização do órgão competente.

Diante disso, a polícia efetuou um auto de infração ambiental no valor de R$ 3,5 mil. Os pássaros vão permanecer temporariamente com o infrator, já que são domesticados. O autor irá responder, também, por crime ambiental.


Compartilhe esta notícia!