Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

O Curso de Biomedicina do Unisalesiano, por meio de docentes e alunos, está realizando testagem gratuita na população adulta de Araçatuba para detecção da Hepatite C, doença silenciosa que só apresenta sintomas quando avançada.

Os testes começaram a ser aplicados no dia 24 e vão até o dia 26 de agosto. Nos dias 24 e 25, a testagem é feita na sede do Rotary Araçatuba, localizada na Avenida  da Saudade, 964, das 9h às 12h, e das 13h às 16h. No dia 26 de agosto, os testes serão aplicados no Araçatuba Shopping, das 13h às 17h.

A coordenadora do Curso de Biomedicina do Unisalesiano, professora Rossana Abud Cabrera Rosa, explicou que o convite para participar da campanha foi feito pelo Rotary Araçatuba, que recebeu 400 kits de testes da hepatite C.

“É uma campanha anual, promovida pelo Rotary Mundial com o objetivo de erradicar a Hepatite C no mundo”, disse.

Pelo Unisalesiano estão aplicando os testes quatro docentes, incluindo a coordenadora Rossana, e também os alunos dos estágios supervisionados e da Liga Acadêmica de Imunologia Clínica e Comunitária. “Todos participaram de um treinamento, recentemente, para a aplicação dos kits específicos. É muito importante esse tipo de ação para os nossos acadêmicos, pois eles aprendem a fazer teste, a leitura do resultado, estão em contato com o público e, nesse caso, aprenderam também os procedimentos operacionais para a prevenção da Covid-19”, comentou Rossana.

 

Hepatite CDe acordo com o Ministério da Saúde, a hepatite C é um processo infeccioso e inflamatório causado pelo vírus C da hepatite e que pode se manifestar na forma aguda ou crônica, sendo esta segunda a forma mais comum. É uma doença de caráter silencioso, que evolui sorrateiramente, e se caracteriza por um processo inflamatório persistente no fígado.

A transmissão do vírus pode acontecer por diversas formas, como o contato com sangue contaminado; pelo compartilhamento de agulhas; reutilização ou falha de esterilização de equipamentos médicos ou odontológicos; de manicure; procedimentos invasivos (ex: hemodiálise, cirurgias, transfusão); relações sexuais sem o uso de preservativos; entre outras.

O surgimento de sintomas em pessoas com hepatite C é muito raro. Cerca de 80% das pessoas não apresentam qualquer manifestação. Por esta razão, a testagem espontânea da população prioritária é tão importante no combate a este agravo.

Em Araçatuba, após a testagem, se o resultado é positivo, a pessoa é encaminhada para uma unidade de saúde mais próxima de sua casa. De lá, é transferida para o Serviço Ambulatorial Especializado DST/Aids e Hepatites Virais, localizado na rua Afonso Pena, 1.537, no bairro Vila Mendonça, onde será submetida ao teste de PCR (Reação em Cadeia de Polimerase) para confirmação do resultado. Caso seja positivo, o paciente começa o tratamento pelo SUS (Sistema Único de Saúde), gratuitamente.


Compartilhe esta notícia!