Compartilhe esta notícia!

O policial penal aposentado Idevaldo Ferreira Forte, de 71 anos, morreu depois de cair com o carro que conduzia de um pontilhão da linha férrea na vicinal Armando Viana Egreja, entre Avanhandava e Penápolis. O acidente ocorreu na tarde de sexta-feira (21) e a morte foi confirmada na manhã de sábado (22).

A filha do idoso procurou a Polícia Civil para registrar boletim de ocorrência sobre a morte. Ela informou que o pai foi até a cidade de Avanhandava para realizar uma prova de tiro em um estande. Por volta das 12h, o veículo que a vítima conduzia, um Ford/Fiesta, perdeu o controle da direção e despencou do pontilhão.

Equipes do Corpo de Bombeiros de Penápolis foram acionadas e fizeram os primeiros atendimentos. O policial penal foi socorrido consciente até o pronto-socorro e lá recebeu atendimento médico.  A filha dele foi até o hospital e conseguiu conversar com o pai. Ele disse que não se lembrava do ocorrido, apenas que caiu na linha férrea repentinamente.

Algumas horas depois, o estado de saúde do idoso piorou e ele teve que passar por uma cirurgia de emergência. A informação repassada aos familiares foi de que ele sofreu ruptura do intestino e de uma artéria, provocando tamponamento cardíaco, que causa pressão no coração e o impede de ser preenchido.

Após o término da cirurgia, ele continuou em estado grave e não resistiu aos ferimentos. O corpo foi levado para o IML (Instituto Médico Legal) e passou por exame necroscópico. Depois, foi liberado para o velório. O sepultamento ocorreu na cidade de Alto Alegre, na tarde de domingo (23).


Compartilhe esta notícia!