Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – TRÊS LAGOAS

Constantemente as equipes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agronegócio (Semea) realizam a manutenção da Segunda Lagoa e, desde a última semana de julho, o trabalho não para. Foi realizada a retirada de mato e roçada no entorno da lagoa, evitando qualquer foco de queimada neste período de estiagem.

Porém, o maior empenho de trabalho continua sendo na retirada de lixo que vem pelas galerias de águas pluviais e cai no leito da lagoa. A secretária de Meio Ambiente e Agronegócio, Maysa Costa, reafirma que é grande o volume de lixo.

“Este continua sendo o grande problema que a gente enfrenta para manter a conservação da Segunda Lagoa. Em qualquer época estamos limpando as caixas de contenção e recolhendo todo tipo de despejo sólido do local”, disse.

Somente nesta quinzena, a quantidade de lixo retirada do local chegou a 13 caçambas de caminhão. “Em média, foram 200 sacos de lixo de 100 litros, e isso já representa um risco muito grande de contaminação da água e da fauna local”, completou.

 

SEM QUEIMADAS

Desde o ano passado, as reclamações referentes à Segunda Lagoa praticamente zeraram em relação a focos de incêndio. A força tarefa de limpeza e revitalização do local colocou um fim nas queimadas, além da circulação de usuários de drogas.

 

ASSOREAMENTO

Sem chuva desde maio, o nível da água baixou. Para evitar o assoreamento da lagoa, as equipes realizaram a retirada do acúmulo de terra das margens e também ao redor das tubulações da bomba que manda água para a Lagoa Maior.

“Todo este trabalho é nosso dever de casa. Com nossa própria mão de obra e maquinários estamos dando a devida atenção e valor à nossa Segunda Lagoa, sem contar que isso beneficia às famílias que moram ao redor. Já estamos muito felizes por termos acabado com as queimadas já há um ano”, concluiu.

a6 limpeza segunda lagoa (2)


Compartilhe esta notícia!