Compartilhe esta notícia!

A Polícia Civil de Araçatuba abriu inquérito para investigar a morte de um homem de 28 anos, na madrugada dessa quinta-feira (30). A vítima deu entrada no Pronto-Socorro Municipal com ferimentos provenientes de agressão, mas não resistiu aos ferimentos e morreu alguns minutos depois. Os autores não foram identificados até o fechamento dessa edição. 

Segundo informações do boletim de ocorrência, os policiais militares foram acionados até a unidade hospitalar, mas quando tomaram conhecimento a respeito da morte deram ciência à equipe de plantão da CPJ (Central de Polícia Judiciária), que também compareceu até o hospital. 

Chegando lá, os investigadores constataram que o homem era do município de Santópolis do Aguapeí e um dia antes de morrer foi acolhido em uma clínica de terapia para dependentes químicos localizada às margens da rodovia Marechal Rondon (SP-300), em Araçatuba.  

Os responsáveis pela clínica informaram que a vítima já deu entrada no local com ferimentos, olhos inchados e assim que chegou foi fotografado. Consta no registro policial que a internação foi solicitada pela Assistência Social de Santópolis do Aguapeí, a pedido de uma ordem judicial. Realtou, também, que as lesões sofridas, provavelmente, podem ter ocorrido por causa de brigas de rua. 

O corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal), onde passou por exame necroscópico, toxicológico e de embriaguez. O laudo deverá ficar pronto em até 30 dias. O caso foi registrado como morte suspeita.  


Compartilhe esta notícia!