Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA

Sem regressão de fase em nenhuma região e com quarentena prorrogada até o dia 10 de agosto, o Governador João Doria anunciou nesta sexta-feira (24) a oitava atualização do Plano São Paulo de retomada econômica e enfrentamento do coronavirus. O controle rigoroso de indicadores de saúde e reabertura gradual de atividades não essenciais viabilizou avanço das regiões de Araçatuba e Campinas da etapa vermelha para a laranja, e de Araraquara da etapa laranja para a amarela.

“É uma ótima notícia para 6 milhões de pessoas que vivem nestas regiões, mas não é notícia para ser celebrada. É para ser compreendida com prudência e cuidado, como sempre recomendamos nas quarentenas do Plano São Paulo. Vale lembrar também que, nesta oitava requalificação, nós não tivemos nenhuma região que regrediu para uma fase mais restritiva”, declarou Doria.

Das 17 áreas de DRSs (Departamentos Regionais de Saúde) estabelecidas no Plano São Paulo, apenas três permanecem na etapa vermelha, com restrição total ao atendimento presencial de comércios e serviços não essenciais. A ocupação de leitos de terapia intensiva para pacientes COVID-19 nas regiões de Franca (82,5%), Piracicaba (84,8%) e Ribeirão Preto (91,4%) é considerada preocupante e exige a continuidade das restrições.

A maior parte do território paulista está na fase laranja, que permite funcionamento com 20% da capacidade de público em escritórios em geral, imobiliárias, comércio de rua, shoppings e concessionárias. A abertura é restrita a quatro horas diárias, todos os dias, ou seis horas durante quatro dias e fechamento por três.

Atualmente, essa etapa abrange as regiões de Araçatuba, Barretos, Bauru, Campinas, Marília, Presidente Prudente, São João da Boa Vista, São José do Rio Preto, Sorocaba, Taubaté e a sub-região Norte da Grande São Paulo.

info


Compartilhe esta notícia!