Compartilhe esta notícia!

Um homem de 44 anos morreu ao bater o caminhão que conduzia na traseira de um reboque canavieiro, no último fim de semana, na rodovia Marechal Rondon (SP-300), em Penápolis. A vítima, identificada como José Hamilton Pereira da Silva, chegou a ser socorrida com vida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu minutos depois de dar entrada na unidade hospitalar. 

Segundo informações da Polícia Rodoviária Estadual, o motorista seguia no sentido de Avanhandava com uma Scânia R500 quando, na altura do quilômetro 477, por motivos a serem esclarecidos, colidiu na traseira de um Mercedez-Benz Axor atrelado a dois reboques. 

Com o impacto da batida, a vítima ficou presa às ferragens e teve que ser retirada por uma equipe do Corpo de Bombeiros de Penápolis. O condutor foi levado para o pronto-socorro da cidade por uma ambulância da concessionária que administra a rodovia, mas ao dar entrada na unidade não resistiu aos ferimentos e morreu. O motorista do outro caminhão não sofreu ferimentos. Ele passou pelo teste do bafômetro e o resultado foi negativo para embriaguez. 

A área teve que ser isolada por policiais militares rodoviários até a chegada da perícia técnica. O laudo deverá ficar pronto em até 30 dias para auxiliar nas investigações a partir de agora. O corpo de Silva foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal), onde passou por exame necroscópico. Depois, foi liberado aos familiares para o velório e sepultamento. A Polícia Civil abriu inquérito para dar continuidade às apurações.  


Compartilhe esta notícia!