Compartilhe esta notícia!

Policiais militares da Força Tática de Araçatuba prenderam, na madrugada desse sábado (11), dois homens, um de 18 e outro de 23 anos, e apreenderam um adolescente, de 17, com drogas, arma de fogo, dinheiro e celulares. Existe a suspeita de que o trio possui características de roubos ocorridos na última quinta-feira (9) na cidade. 

Segundo informações apuradas pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL, as equipes policiais faziam patrulhamento pelo Jardim Aeroporto quando viram um veículo Ford, na cor branca, ocupado por três indivíduos. Ao visualizarem a viatura, os ocupantes demonstraram certo nervosismo, o que chamou a atenção dos PMs. 

Os suspeitos fugiram em alta velocidade e foram perseguidos. Durante a fuga, um dos passageiros arremessou duas armas para fora do carro. Cerca de cem metros depois, o automóvel parou. Os policiais fizeram a abordagem e tiveram que algemar todos eles, por conta do receio de fuga. 

A polícia refez o trajeto percorrido e apreendeu um simulacro de pistola, além de um revólver de calibre 38 com seis cartuchos intactos. Ainda na busca veicular, a Força Tática apreendeu 29 pinos contendo cocaína e R$ 80 em dinheiro. Os três foram levados até a Central de Flagrantes, onde prestaram depoimento. 

SUSPEITAS 

A reportagem também apurou que os suspeitos possuem características de roubos ocorridos no último dia nove de julho na cidade. A arma apreendida seria igual àquela utilizada nas ações criminosas.  

Nos assaltos, os autores utilizavam roupas de frio, parecidas com as que foram apreendidas pela Força Tática. A hipótese trabalhada pelos policiais é de que eles utilizavam as blusas para esconderem as tatuagens pelo corpo. A participação do trio nos roubos será investigada a partir de agora pela DIG/DEIC (Delegacia de Investigações Gerais). 

O delegado plantonista manteve a prisão e apreensão deles por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Os presos permaneceram à disposição da Justiça e da Vara da Infância e Juventude. A Polícia Civil abriu inquérito para dar prosseguimento às apurações do ocorrido. 

 


Compartilhe esta notícia!