Compartilhe esta notícia!

O avanço do coronavírus nos últimos dias em Araçatuba tem deixado a população em alerta. A preocupação também chegou até o prédio da Central de Polícia Judiciária da cidade após quatro policiais civis serem diagnosticados com a doença. Por esse motivo, o delegado responsável pela Central de Flagrantes, Getúlio Nardo, pede para que a população procure os serviços de atendimento em caso de extrema urgência e necessidade.

De acordo com o delegado, os quatro policiais foram afastados das funções por 14 dias. Eles apresentaram os sintomas leves da doença e se recuperam em casa. Para a segurança dos outros funcionários e até mesmo de quem vai até a delegacia para registrar ocorrências, a polícia pede para que a população tenha cautela.

“Muitas dessas ocorrências podem ser registradas por meio da delegacia eletrônica. Por isso, pedimos para que procurem o atendimento presencial somente em casos urgentes”, informou.

ON-LINE

Para ter acesso à Delegacia Eletrônica, basta acessar o site www.delegaciaeletronica.policiacivil.sp.gov.br. Lá, o internauta tem três opções: a primeira de comunicar a ocorrência, a segunda para complementar um boletim e, por último, acompanhar o andamento. Vários tipos de situações podem ser registradas de maneira on-line, basta ter acesso a um dispositivo eletrônico com acesso à internet. Entre elas estão: roubo ou furto de veículos; furto de documentos, celular, placa de veículo, bicicleta; perda de documentos; roubo de documentos, celular ou outros objetos; injúria, calúnia e difamação; acidente de trânsito sem vítimas; desaparecimento de pessoas; encontro de pessoas; furto de fios, cabos, violência doméstica e outras ocorrências relacionadas à proteção animal.

A Delegacia Eletrônica só não faz o registro de casos de estupro, homicídio e latrocínio, que é o roubo seguido de morte. Ainda segundo Getúlio Nardo, o andamento de análise do boletim de ocorrência é o mesmo se tivesse sido registrado presencialmente.

“A funcionalidade do sistema é o mesmo, tanto o eletrônico quando o presencial, portanto nenhum demora mais do que o outro”, complementou.

MEDIDAS

Desde o início da pandemia de coronavírus, a Central de Polícia Judiciária de Araçatuba tomou medidas restritivas. Deve-se haver o distanciamento entre pessoas no interior do prédio, é obrigatório o uso de máscaras e álcool em gel é disponibilizado.

“Aqui (delegacia) é um ambiente fechado, temos um grande número de pessoas circulando todos os dias, inclusive à noite, já que o atendimento é feito 24h, então a pessoa deve pensar antes de vir para registrar um boletim de ocorrência que não trará nenhum retorno de imediato”, finalizou.


Compartilhe esta notícia!