Compartilhe esta notícia!

Um repositor, de 46 anos, foi preso na noite de segunda-feira (8) depois de furtar uma residência no bairro Hilda Mandarino, em Araçatuba. O suspeito já tinha antecedentes criminais por roubo, furto e estava em liberdade condicional.

De acordo com informações apuradas pela reportagem, os policiais militares Cabo PM Aguiar e Soldado PM Silas estavam em patrulhamento quando foram acionados pelo Copom (Central de Operações da Polícia Militar) para atendimento de furto em andamento na casa.

Chegando ao endereço, a equipe viu o indiciado saindo do imóvel com uma lavadora de pressão. Ele foi abordado e confessou que havia invadido a residência, mediante escalada, entrou em um quarto e subtraiu o objeto. A vítima, uma idosa de 70 anos, estava no local, mas devido ao susto e por conta da pandemia de coronavírus, permaneceu aos cuidados dos familiares.

O filho da aposentada contou que foi avisado por ela sobre o ocorrido, tentou conter o criminoso, mas não conseguiu. Diante das evidências, o repositor foi levado até a Central de Flagrantes, onde prestou depoimento. Ele já tem passagens por criminais por roubo, furto e estava em liberdade condicional. Durante o registro, um familiar da vítima entregou um pino contendo cocaína. O objeto também foi apreendido para investigação.

O delegado plantonista manteve a prisão do acusado por furto e o deixou à disposição da Justiça. Ele foi transferido na manhã dessa terça-feira (9) para a cadeia pública de Penápolis.


Compartilhe esta notícia!