Compartilhe esta notícia!

Um vendedor, de 43 anos, foi preso na quarta-feira (3), em Araçatuba, por ato obsceno contra uma jovem de 19 anos. Durante o atendimento da ocorrência, a polícia descobriu que ele tinha um mandado de prisão em aberto por violência doméstica.

A reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL apurou que os policiais militares foram acionados pelo Copom (Central de Operações da Polícia Militar) para o atendimento de ocorrência de ato obsceno. Chegando ao endereço, as equipes avistaram alguns populares correndo atrás do indivíduo, depois dele ter mostrado o órgão genital à vítima.

A recepcionista reconheceu o investigado. Em pesquisa, a polícia descobriu que havia um mandado de prisão expedido em desfavor do vendedor, pela 1ª Vara Criminal de Birigui, por violência doméstica. A pena, segundo consta, deveria ser cumprido  no regime aberto.

O capturado foi recolhido provisoriamente na cela da Central de Polícia Judiciária até que a Justiça desse um parecer a respeito da situação. A Polícia Civil abriu inquérito para investigar o caso.


Compartilhe esta notícia!