Compartilhe esta notícia!

Policiais do TOR (Tático Ostensivo Rodoviário) prenderam, na tarde de sábado (30), em Penápolis, um homem de 31 anos que na semana passada teve o carro atingido por vários tiros no bairro Águas Claras, em Araçatuba. Os policiais descobriram que, na ocasião, ele deu o nome do irmão, já que era foragido do sistema prisional por roubo.

As equipes estavam em patrulhamento quando deram ordem de parada ao veículo Ford/Ecosport, com placas de Campinas. Na abordagem, ele não portava nenhum documento e se identificou com o nome do irmão. Alguns minutos depois, os PMs descobriram a verdadeira identidade do suspeito e constataram que ele se evadiu da prisão em Dourados (MS), onde cumpria pena de 19 anos e oito meses por roubo.

O preso, identificado pelas iniciais R.L.S.S., morador em Valinhos, apresentava ferimentos na cabeça e no corpo. Ele contou em depoimento ter sido vítima de um roubo na última semana no bairro Águas Claras, em Araçatuba. Com essas informações, o investigado foi apresentado na delegacia e já está à disposição da Justiça.

TIROS

O caso ocorreu no último dia 25. A mulher do suspeito contou que estava com ele e o filho no veículo GM/Astra e teriam ido até uma residência, no bairro Águas Claras, depois de viajarem de Valinhos (471 quilômetros de Araçatuba), para pegar drogas.

O casal chegou no imóvel e foi atendido por uma mulher, a qual disse para descer, já que lá dentro haveria 12 quilos de crack. A mulher revelou que ela e o marido estranharam a situação, pois perceberam uma movimentação estranha de outras pessoas, motivo pelo qual decidiram ir embora. O homem acelerou o carro e foi em direção à rodovia Elyéser Montenegro Magalhães (SP-463).

Ao chegarem perto de um posto de combustíveis, o automóvel foi fechado por um Ford/Fiesta. Os ocupantes mandaram eles descerem, mas a vítima não obedeceu e acelerou ainda mais. Foi, nesse momento, que os primeiros disparos foram dados pelos criminosos.

PERSEGUIDOS

As vítimas foram perseguidas pelo Fiesta até a Avenida Jorge Mellen Rezek, quando o condutor perdeu o controle da direção e subiu no canteiro central da via. Ele saiu correndo pela janela do passageiro, mas foi alcançado pelos bandidos. Os autores o levaram até um cemitério, onde o agrediram e o abandonaram ali.

Alguns minutos depois, o motorista retornou até o local onde a esposa estava, àquela altura na companhia dos policiais. Uma equipe do Resgate foi acionada e socorreu o homem até o Pronto-Socorro Municipal.


Compartilhe esta notícia!