Compartilhe esta notícia!

A modelo Priscila Delgado de Barrios, 27 anos, morreu baleado na manhã dessa quarta-feira (20) no apartamento do delegado Paulo Bilynskyi, que também foi baleado e está internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) de um hospital da capitão paulista. Ele já atuou como delegado em Guararapes entre os anos de 2013 e 2014.

 

Segundo o que foi divulgado pela imprensa local, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) informou por meio de nota que a Corregedoria da Polícia Civil irá apurar as causas e circunstâncias do que ocorreu dentro do imóvel onde o delegado e a modelo estavam.

 

O apartamento está localizado em um condomínio na Avenida Francisco Prestes Maia, em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. As primeiras informações dão conta de que o delegado e a modelo seriam namorados e teriam discutido. Em determinado momento, a mulher teria atirado nele e se matado em seguida.

 

Um vídeo que circula nas redes sociais, gravado por Bilynskyi, confirma a versão de que a modelo teria dado seis tiros contra ele. “Ontem (terça-feira), Priscila, minha namorada, viu uma mensagem antes de ir para minha casa. Hoje (quarta-feira), antes de eu sair do banho, ela deu seis tiros em mim. Depois deu um tiro nela mesmo. Eu estou em estado grave, vou passar por cirurgia”.

 

REGIÃO

 

O delegado atuou na região de Araçatuba há cerca de sete anos. Ele iniciou a carreira no município de Juquiá. Em 2013, foi transferido para assumir a delegacia de Guararapes, onde ficou até 2014. Atualmente, integra a equipe do DHPP (Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa), em São Paulo.

 

 


Compartilhe esta notícia!