Home Cidades ‘Mirandópolis não pode ser comparada a Paris ou São Paulo, diz Everton Sodário

‘Mirandópolis não pode ser comparada a Paris ou São Paulo, diz Everton Sodário

3 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – ANDRADINA

Depois de entrevista exclusiva ao SRC, o prefeito de Mirandópolis, Everton Sodário, a que ajuizou ação civil pública contra o Estado de São Paulo para garantir o funcionamento do comércio de seu município, foi o entrevistado programa “Pingo nos is” da Jovem Pan nessa quarta-feira (8). A entrevista foi para todo o Brasil.  Na região, o SRC tem Jovem Pan em Araçatuba, Andradina e Três Lagoas. Na entrevista, de forma enfática, Sodário disse que Mirandópolis não pode ser comparada a Paris, Londres, Madrid ou São Paulo. “Não temos nem mesmo transporte público”, disse o prefeito defendendo a abertura do comércio.

“Eu achei uma decisão absurda. Entendo a gravidade do coronavírus, mas é preciso que gente tenha responsabilidade. O Brasil pós coronavírus pode ser muito pior que o Brasil do coronavírus”, alertou o prefeito em entrevista exclusiva ao jornal O LIBERAL REGIONAL, sobre a decisão do governador João Dória de prorrogar a quarentena.

No programa Pingo nos is, transmitido pela Jovem Pan, Sodário voltou a defender a sua posição. Na sua avaliação, pequenos municípios que não tiveram caso da doença não podem ser tratados como as grandes metrópoles com transporte público de massa. “São realidades diferentes”. Os apresentadores e debatedores do programa, José Maria Trindade e Augusto Nunes concordaram com o prefeito. Além disso, chegaram a citar o fato do governador de São Paulo afirmar que não aceitaria interferência do presidente Jair Bolsonaro nas decisões do Estado, mas que o governador está interferindo na decisão dos prefeitos. “Quem conhece a realidade dos municípios são os prefeitos”, disseram. “Quantas horas os governadores passaram em Mirandópolis”, indagaram.


Compartilhe esta notícia!