Home Cidades Hospital da Unimed instala contêineres para separar atendimento de suspeitos de coronavírus

Hospital da Unimed instala contêineres para separar atendimento de suspeitos de coronavírus

5 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

DIEGO FERNANDES – ARAÇATUBA

O Hospital da Unimed de Araçatuba, onde estão internados 10 pacientes com suspeita de coronavírus, está adotando medidas de contingência para o atendimento ao público. Na tarde de ontem foram instalados dois contêineres na frente do pronto atendimento do local. O objetivo é separar o atendimento aos pacientes com sintomas da doença dos demais acometidos por outros problemas de saúde.

Segundo a Supervisora de Enfermagem do Pronto Atendimento, Silvana Vieira, pacientes que tiverem sintomas respiratórios terão um contêiner exclusivo. “O paciente que chega ao pronto atendimento e apresenta dor de cabeça, diarreia, dor no corpo, ferimentos, ou que sofreu um acidente, ele é direcionado para um segundo contêiner, onde não fica misturado com aquele paciente que tem sintomas respiratórios, a intenção é separá-los”, afirmou a supervisora.

De acordo com Silvana, os pacientes que buscarem o Pronto Atendimento da Unimed serão recebidos pelo orientador de público e pelo porteiro do local. Caso ele apresente sintomas como tosse, falta de ar, dor ao respirar, dentre outros propícios para o Covid-19, receberá uma senha exclusiva e será acomodado em um dos contêineres. No local, serão verificados os sinais vitais e, caso haja alterações, ele será encaminhado para o isolamento dentro do Pronto Socorro, onde seguirá recebendo o atendimento.

Silvana afirmou que os profissionais do hospital estão bem equipados para também ficarem protegidos. “Todos os profissionais são devidamente paramentados a partir do momento que o paciente já se encontra dentro do isolamento. O Hospital Unimed Araçatuba tem como objetivo atender e identificar rapidamente os pacientes suspeitos de covid-19 e preservar a saúde e a integridade dos profissionais de saúde que estão na linha de frente e dos demais pacientes que procuram o nosso serviço”, afirmou.

Atendimentos do Pronto Socorro caem após pandemia

As informações amplamente divulgadas na mídia para que pacientes com sintomas de gripe procurassem atendimento médico apenas em casos de maior gravidade e o fato de as pessoas ficarem mais dentro de casa causou uma diminuição do número de atendimentos do Hospital da Unimed em Araçatuba.

O Pronto-Socorro do hospital está atendendo apenas 35% do público que costumava atender antes da pandemia. Se antes a media de atendimentos era de 200 por dia, atualmente cerca de 70 pessoas procuram o local diariamente. “No mês chegávamos a quase 6 mil atendimentos. Com o coronavírus, reduziu para 70 atendimentos por dia. Após a orientação das pessoas e a conscientização para só procurar atendimento nos sintomas mais graves, acabou diminuindo a procura”, explicou Silvana.


Compartilhe esta notícia!