Compartilhe esta notícia!

Um borracheiro de 29 anos foi preso na noite de quinta-feira (19) depois de agredir a mulher, uma dona de casa de 37, na frente de policiais militares. Após o ato, o homem pediu para ser detido. O caso ocorreu na residência do casal, localizada no bairro Paraíso, em Araçatuba.

Segundo informações do boletim de ocorrência, os policiais militares foram acionados pelo Copom (Central de Operações da Polícia Militar) para o atendimento do ocorrido. Chegando ao endereço, as equipes entraram em contato com o autor, que confessou ter apertado o pescoço da vítima. Nesse momento, ele pediu para que fosse preso.

A vítima declarou em depoimento que iniciou uma discussão com o indiciado por conta da compra de um pacote de bolachas para as crianças. Quando ela conversava com os PMs foi atingida por um soco no rosto desferido pelo companheiro, que mesmo na presença policial não se intimidou.

Ele recebeu voz de prisão em flagrante e foi levado até a delegacia, onde prestou depoimento. O delegado plantonista registrou o caso como violência doméstica e vias de fato, estipulou fiança de mil reais ao investigado, mas ele não pagou o valor e permaneceu preso, à disposição da Justiça.

Por sua vez, a dona de casa não quis representar criminalmente contra o marido e não requisitou medidas protetivas. A Polícia Civil abriu inquérito para dar andamento às investigações.


Compartilhe esta notícia!