Home Mundo Brasil Coronavírus obriga Fórmula 1 a suspender GP da Austrália que seria neste domingo

Coronavírus obriga Fórmula 1 a suspender GP da Austrália que seria neste domingo

3 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – SÃO PAULO
Em função da pandemia de coronavírus, a Fórmula 1 suspendeu o GP da Austrália de 2020. A decisão veio depois que a McLaren desistiu de participar do evento em Melbourne, após um de seus membros testar positivo para o Covid-19. O Motorsport.com apurou que a maioria das equipes disse, em reunião já na madrugada australiana, estar descontente em continuar com o evento, que abriria a temporada deste ano.
Fontes indicam que o órgão disse que aceitaria uma decisão majoritária das equipes, de modo que agora passaria a suspender o evento. Ainda não há confirmação oficial da decisão, mas entende-se que uma declaração conjunta será feita pela F1 e pela FIA.
Oito pessoas da F1 foram testadas com o Covid-19 desde a chegada da F1 a Melbourne, com sete sendo negativos. Lewis Hamilton foi sincero em suas críticas à decisão de realizar o evento, admitindo que estava “chocado” pela viagem da F1 para a Austrália.
Esta é a segunda ocasião em que o coronavírus mexe no calendário da F1. O GP da China foi adiado no mês passado pelo mesmo motivo, sem data ainda para ser realizado. Outras categorias, como a MotoGP, WEC, Fórmula E, Nascar já adiaram provas.
Pela primeira vez na história a Fórmula 1 terá uma corrida sem público. O GP do Bahrein, nos dias 20 e 22 de março, terá portões fechados para o público em função da pandemia de coronavírus. “Em consulta com nossos parceiros internacionais e a força-tarefa de saúde do reino do Bahrein, decidimos realizar o GP com a presença apenas de participantes do evento”, diz uma nota emitida pelo governo bareinita.


Compartilhe esta notícia!