Home Cidades Mulher é internada em estado gravíssimo após ser agredida pelo ex-genro

Mulher é internada em estado gravíssimo após ser agredida pelo ex-genro

4 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

Um auxiliar de serviços gerais de 35 anos de idade foi preso em flagrante na manhã dessa terça-feira (18) depois de agredir a ex-sogra com um pedaço de cana-de-açúcar e deixá-la em estado gravíssimo. Além disso, o autor também agrediu a ex-mulher e ainda fez ameaças de morte contra o próprio pai utilizando uma faca. O caso aconteceu em Ilha Solteira, na região de Araçatuba.

Segundo informações apuradas pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL, o suspeito, identificado pelas iniciais L.M.S., 35 anos, está em processo de separação, inclusive a ex-esposa dele possui uma medida protetiva para que se mantenha afastado.

Por volta das 22h de segunda-feira (17), o autor invadiu a residência da vítima depois de arrombar a porta dos fundos. Na sequência, ele encontrou a ex-sogra e passou a agredi-la com socos, chutes e um pedaço de cana-de-açúcar.

Ao perceber que a mãe era brutalmente agredida, a mulher telefonou para a Polícia Militar primeiro e depois foi tentar socorrê-la, mas também acabou agredida pelo indiciado.

FUGA

Com a chegada das primeiras viaturas, o auxiliar conseguiu fugir. A ex-sogra dele foi socorrida em estado gravíssimo para o hospital de Ilha Solteira. Os exames mostraram que ela teve traumatismo craniano, fraturas na costela e no maxilar. Por conta da gravidade do quadro clínico, ela teve que ser transferida para a Santa Casa de Araçatuba, onde até o fechamento dessa edição permanecia internada.

Já a filha dela sofreu escoriações, passou por atendimento médico em Ilha Solteira e depois foi liberada. Os PMs que atenderam a ocorrência chegaram a fazer diligências, mas até então não tinham conseguido encontrar o agressor.

PRISÃO

Durante a manhã de terça, o investigado buscou refúgio na casa do pai, no assentamento Estrela da Ilha. Ele se apoderou de uma faca e fez diversas ameaças de morte, caso o homem não o levasse até Selvíria, município localizado no estado de Mato Grosso do Sul.

Com medo da reação do filho, a vítima também ligou para a Polícia Militar. As viaturas chegaram rapidamente e conseguiram efetuar a prisão em flagrante. O rapaz foi levado até a DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) da cidade, onde prestou depoimento.

O delegado plantonista manteve o flagrante por tentativa de feminicídio e ameaça. O autor permaneceu preso, à disposição da Justiça. A Polícia Civil abriu inquérito para dar andamento às investigações sobre o caso.


Compartilhe esta notícia!