Compartilhe esta notícia!

Dois médicos que faziam plantão no pronto-socorro da Santa Casa de Araçatuba foram agredidos por um paciente na noite de domingo (16). Um dos profissionais foi atacado com mordidas e teve o pescoço lesionado.

De acordo com informações apuradas pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL, o autor deu entrada na unidade hospitalar com um corte no braço sofrido durante um churrasco. Segundo a Santa Casa, o paciente emitia sinais clínicos de embriaguez e quando a médica plantonista foi avaliar o ferimento, ele a empurrou e a jogou no chão.

Outro médico plantonista viu aquela cena e saiu para socorrer a colega de trabalho. Nesse instante, o suspeito partiu para cima do profissional e deu uma mordida no pescoço, provocando um grave ferimento. “Por diferença de milímetros, a mordida não rompeu a veia jugular do médico”, complementou a unidade hospitalar.

Ainda bastante agressivo, o homem passou a correr dentro da unidade e arrebentou a porta do banheiro da recepção e agrediu um paciente que havia se escondido naquele local durante as agressões em série do indivíduo.

Policiais militares foram acionados para o atendimento da ocorrência e conduziram o agressor até a Central de Flagrantes. Ele foi ouvido e liberado em seguida.

As vítimas passaram por atendimento no próprio pronto-socorro e receberam os cuidados necessários. Na tarde dessa segunda-feira (17), o médico lesionado passou por exame de corpo de delito no IML (Instituto Médico Legal).

Por fim, a Santa Casa informou, por meio da nota divulgada pela assessoria de imprensa, que irá tomar todas as medidas cabíveis. “A administração da Santa Casa de Araçatuba e a direção clínica estão tomando as providências legais em relação à responsabilização criminal e civil em relação ao caso”.


Compartilhe esta notícia!