Compartilhe esta notícia!

A Polícia Civil de Araçatuba abriu inquérito para investigar o acidente que tirou a vida do cabeleireiro Jailson de Jesus Torres, de 19 anos de idade. O caso ocorreu durante a madrugada dessa quarta-feira (29) no cruzamento das Avenidas Dois de Dezembro e Prestes Maia, zona norte do município.

A comunicação de morte da vítima foi feita pela própria mãe por volta das quatro horas na Central de Flagrantes de Araçatuba. Ela informou em depoimento que o filho havia dado entrada no pronto-socorro da Santa Casa duas horas antes após sofrer uma queda de moto.

Segundo informações da Polícia Militar, o jovem seguia com uma Honda/Biz pela via quando no cruzamento teria perdido o controle da direção, por motivos ainda a serem esclarecidos, e foi lançado ao solo. Ele foi socorrido por uma unidade do Resgate até o hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu horas depois.

A área onde o acidente aconteceu foi isolada para o trabalho da perícia técnica. O laudo deverá ficar pronto em até 30 dias. A Polícia Civil registrou a ocorrência como homicídio culposo na direção de veículo automotor e descobriu que o rapaz não possuía CNH (Carteira Nacional de Habilitação). A partir de agora, os investigadores irão tentar encontrar câmeras de segurança nas imediações a fim de auxiliar na apuração do que pode ter acontecido no local.

O corpo de Torres foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal), onde passou por exame necroscópico e toxicológico. O resultado deverá sair nos próximos dias. A moto envolvida no acidente não foi apresentada na delegacia, segundo o que foi registrado no boletim de ocorrência. O corpo do jovem será sepultado às 17h no cemitério Recanto de Paz, em Araçatuba.


Compartilhe esta notícia!