Compartilhe esta notícia!

Uma pensionista de 84 anos de idade morreu depois de ser atropelada na manhã de quinta-feira (16) na rua América do Sul, no bairro Vila Nova. A vítima chegou a ser socorrida com vida até a Santa Casa e passou por uma cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos e morreu horas depois.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a autora do atropelamento, uma pedagoga de 40 anos, transitava pela rua Aguapeí. Em determinado momento, ela convergiu e adentrou na América do Sul, mas se deparou com uma feira de rua realizada toda semana no local. A mulher não percebeu que a idosa atravessava a via naquele momento. Ela ainda chegou a desviar o veículo Fiat/Palio, mas não teve tempo e atingiu a pedestre.

A motorista parou o automóvel e prestou socorro. Uma ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) prestou os primeiros atendimentos e a encaminhou até o pronto-socorro da Santa Casa. A pensionista fez um exame de tomografia, onde foi constatada uma hemorragia subdural. Ela foi submetida a uma cirurgia, mas não resistiu e morreu no início da tarde. O corpo foi levado para o IML (Instituto Médico Legal), onde passou por exame necroscópico. O laudo deverá sair em até 30 dias.

A pedagoga prestou depoimento e foi liberada. Ela vai responder por homicídio culposo na direção de veículo automotor, ou seja, aquele que não houve a intenção de causar a morte da vítima. A Polícia Civil abriu inquérito para dar andamento às investigações sobre o caso.


Compartilhe esta notícia!
Mostrar mais
Carregar mais em Cidades

Veja também

Banhista morre afogado no rio Paraná

Compartilhe esta notícia!Um homem de 36 anos morreu afogado na prainha de Ilha Solteira na…