Home Cidades Dezenas de participantes de festa na região relatam suspeita de intoxicação

Dezenas de participantes de festa na região relatam suspeita de intoxicação

5 minutos de leitura
Compartilhe esta notícia!

Dezenas de pessoas passaram mal durante a realização de uma festa na Ilha Paraíso do Sol em Ilha Solteira. O evento durou sete dias e terminou na quinta-feira (2). Existe a suspeita de algum tipo de intoxicação, já que os participantes apresentaram mal-estar, vômitos e diarreia. As causas ainda estão sendo investigadas pela Vigilância Sanitária.

Ao longo dessa sexta-feira (3), equipes do Centro de Vigilância Sanitária de Ilha Solteira estiveram no local onde a festa foi realizado colhendo amostras de água e de alimentos na tentativa de descobrir o que pode ter causado o mal-estar generalizado. O resultado deve sair nos próximos dias.

Por meio de uma nota divulgada nas redes sociais, a organizadora do evento, Yanomami Festival, informou que os primeiros casos surgiram no último dia 30 de dezembro. “Nesse instante foram tomadas providências para contenção e aumento da capacidade ambulatorial. Todos os vetores possíveis de contaminação foram reavaliados com a ajuda de uma biomédica e de nossos profissionais, readequando a cozinha, revendo a análise e clarificação da água, reforçando a limpeza entre outras medidas apresentadas pela equipe de atendimento ambulatorial”.

Após os primeiros registros, o número de casos aumentou cada vez mais. Segundo a organizadora até mesmo pessoas da própria produção passaram mal. A Yanomami Festival garantiu ter realizado a compra de diversos medicamentos, a contratação de mais uma equipe ambulatorial, além da distribuição de água mineral, de coco e isotônicos.

“Após dois dias sem conseguirmos detectar o vetor principal do mal-estar generalizado chegou até o nosso conhecimento que as cidades da região já enfrentavam uma crise de atendimento com pacientes com sintomas parecidos, que os hospitais já estavam em alerta devido às crises virais”, afirmou a organizadora.

PREFEITURA NEGA

A reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL conversou por telefone com o Secretário de Governo de Ilha Solteira, Rodolfo Martins. Ele nega que a cidade esteja enfrentando uma crise de casos de virose. “Nós desconhecemos esses casos. Em contato com as unidades de saúde do município, essa informação não procede”.

O secretário disse, também, que todas as medidas estão sendo tomadas para descobrir o que pode ter causado a suposta intoxicação. “Além da Vigilância Sanitária Estadual estamos com nossas equipes municipal no local onde a festa ocorreu para o mais breve possível descobrir o que aconteceu”, concluiu.

REPERCUSSÃO NAS REDES

Nas redes sociais da organizadora do evento muitos internautas escreveram comentários a respeito do que aconteceu. Alguns ainda estavam com os sintomas de intoxicação. “Eu e meu namorado tivemos intoxicação e resolvemos ir embora no dia 31”, escreveu uma jovem.

Em outros comentários, os participantes reclamaram das condições de higiene do local. “E o estado dos banheiros? Quebrados, sem funcionar, sem água. Filas imensas para comer, falta de comida, um horror”, digitou outro rapaz.


Compartilhe esta notícia!