Compartilhe esta notícia!

A Vigilância Epidemiológica de Araçatuba confirmou na tarde dessa terça-feira (10) que foi notificada sobre a morte do pequeno Vitório Gonzalez Gimenez, de apenas dois anos de idade. Ele morreu na tarde de segunda enquanto brincava com o irmão no sofá da casa onde morava, em um condomínio na zona norte da cidade. Uma das hipóteses, que não foi descartada, é de que a morte tenha sido causada por picada de escorpião.

A informação foi confirmada para a assessoria da prefeitura. A nota informa que após a notificação, o corpo foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal), onde passou por exame necroscópico. O laudo deverá ficar pronto em até 30 dias.

No velório da criança, o clima era de consternação. Muitos familiares e amigos ainda tentavam entender o que aconteceu. A tia do menino compareceu até a delegacia e registrou boletim de ocorrência. Ela contou em depoimento que era por volta das 13h30. O sobrinho brincava com o irmão mais velho no sofá da casa e repentinamente sofreu um mal súbito e caiu desacordado.

Equipes do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foram acionadas e chegaram em poucos minutos. Durante o trajeto até a Santa Casa, a vítima teria sofrido várias paradas cardiorrespiratórias e chegou em estado gravíssimo ao hospital.

Ainda de acordo com o depoimento da tia, o menino foi encaminhado para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva), onde os médicos chegaram a fazer a administração do soro antiescorpiônico. Apesar de várias manobras de ressuscitação, o paciente não resistiu e morreu por volta das 16h24.

PROBLEMA CARDÍACO

A Polícia Civil registrou o caso como morte suspeita e abriu inquérito para dar andamento às investigações. Consta no registro policial que ao nascer, Vitório teria sido diagnosticado com problemas cardíacos, mas que exames feitos na época não mostraram mais nenhuma anomalia. O corpo dele foi sepultado no início da tarde de terça, no cemitério da Saudade.

 


Compartilhe esta notícia!
Mostrar mais
Carregar mais em Cidades

Veja também

Cidadania e Humanização são temas de curso para guardas municipais

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – ARAÇATUBA Os 90 guardas civis municipais empos…