Compartilhe esta notícia!

Um grave acidente foi registrado na noite de segunda-feira (2) na rua Luiz Mitidiero, no bairro Castelo Branco, em Araçatuba. Um veículo desgovernado invadiu a calçada de uma residência, que também funciona como comércio de espetinhos, atropelou o proprietário e uma cliente e colidiu contra uma árvore na sequência. Quatro pessoas ficaram feridas e duas delas continuavam internadas na Santa Casa da cidade. O autor da batida confessou ter ingerido bebida alcoólica.

Segundo informações do boletim de ocorrência, o acidente ocorreu por volta das 19h. Policias militares apuraram no local que um pintor, de 51 anos, dirigia um GM/Chevete na companhia de uma mulher de 53 anos. Ainda não se sabe o motivo, mas ele perdeu o controle da direção, invadiu a calçada onde funciona um comércio de venda de espetinhos, atropelou um aposentado de 70 anos e uma cliente, de 62, e só parou depois de colidir contra uma árvore.

As vítimas que estavam na calçada sofreram ferimentos e tiveram que ser socorridas por unidades do Resgate e do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Já o condutor do carro e a passageira também ficaram feridos e foram socorridos. Todos tiveram que ser encaminhados para a Santa Casa, onde receberam os primeiros atendimentos.

No hospital, os PMs conseguiram conversar com o pintor. Ele deu poucos detalhes, conforme o registro da ocorrência e confessou ter ingerido duas latas de cerveja momentos antes do acidente. No veículo dele, a perícia localizou quatro latas com a bebida. Um laudo completo deverá ficar pronto em até 30 dias.

INTERNADOS

A reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL apurou que o aposentado e a passageira do carro continuavam internados até o fechamento dessa edição. O primeiro passava por avaliação buco-maxilo-facial. O estado de saúde era considerado estável. Já a mulher passava por exames de especialidade de cirurgia torácica. Ela também permanecia em observação e o estado era estável. Já a cliente que foi atropelada e o motorista do carro receberam alta hospitalar.

LESÃO

O delegado plantonista registrou a ocorrência como lesão corporal na direção de veículo automotor. Não consta no boletim de ocorrência se o pintor chegou a passar pelo teste do bafômetro, já que o mesmo recebia atendimento médico naquele instante. A Polícia Civil vai abrir inquérito para dar andamento às investigações sobre o caso.


Compartilhe esta notícia!
Mostrar mais
Carregar mais em Cidades

Veja também

Empresário que prensou mulher com caminhonete na região é preso em Goiás

Compartilhe esta notícia!Foram 472 dias, o equivalente a um ano, três meses e 17 dias de d…