CidadesPlantão Policial

Bandidos invadem casa, fazem moradores reféns e fogem com mais de R$ 100 mil

A DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Araçatuba já investiga um assalto ocorrido em uma residência no Bairro Icarai. O crime ocorreu no começo da madrugada de sexta-feira (04). Os criminosos fugiram levando mais de cem mil reais entre objetos e dinheiro. A polícia ainda não tem pistas dos autores.

Segundo informações do boletim de ocorrência, o assalto ocorreu pouco antes da uma hora da manhã. O proprietário do imóvel, um aposentado de 79 anos de idade, chegava em casa quando foi rendido por três indivíduos desconhecidos na garagem. Todos eles estavam armados com revólveres e encapuzados.

Os bandidos anunciaram o assalto e perguntaram quem mais estava no imóvel. Logo em seguida, eles invadiram o local e foram para os quatros, onde renderam mais duas idosas, uma de 72 e outra de 74 anos. As vítimas tiveram as mãos amarradas. A todo o momento, os assaltantes pediam por dinheiro. Quando o assalto já estava acontecendo, o filho do dono da residência, um médico de 40 anos, chegou e também foi rendido.

Depois de várias ameaças, o aposentado informou aos autores que sua carteira estava no interior do veículo. Um dos bandidos foi até lá e encontrou a quantia de R$ 54 mil em dinheiro. Segundo o declarante, esse dinheiro tinha sido sacado horas antes, já que seria entregue a um de seus filhos, que seria usado na construção civil.

Os suspeitos também subtraíram aliança, anéis com brilhantes, além de três relógios avaliados em R$ 58 mil. Os investigados fugiram levando, ainda, um computador. Apesar de todo o susto, as vítimas não sofreram ferimentos.

Policiais militares foram acionados para o atendimento da ocorrência, chegaram a fazer patrulhamento nas imediações, mas até o fechamento dessa edição não tinham encontrado o trio.

CARRO QUEIMADO

Após alguns minutos da comunicação do roubo, a Polícia Militar recebeu informações de que um veículo estaria pegando fogo no cruzamento entre as ruas São Sebastião e Clibas de Almeida Prado, no bairro Rosele, zona norte do município.

Outra equipe policial foi até o endereço para averiguar a situação e encontrou no interior do automóvel o computador que havia sido utilizado na ação criminosa. O carro tinha placas de São José do Rio Preto e ficou totalmente destruído. Tanto a residência quanto o veículo passaram por perícia técnica. Um laudo deverá ficar pronto em até 30 dias para auxiliar nas investigações sobre o ocorrido.

INVESTIGAÇÕES

Logo nas primeiras horas da manhã, investigadores da DIG fizeram diligências a fim de tentar reunir provas que possam levar até os autores. Existe a suspeita de que os criminosos não sejam de Araçatuba. A reportagem do jornal O LIBERAL também apurou que recentemente a mesma casa já havia sido assaltada.

A polícia iria tentar localizar imagens de câmeras de segurança nas imediações que possam ter registrado algum tipo de movimentação suspeita antes, durante e depois do roubo.

 

Comment here