CidadesPlantão Policial

Rapaz em liberdade condicional é preso por tráfico de drogas

Policiais civis do GOE (Grupo de Operações Especiais) de Araçatuba prenderam, no fim da tarde de quarta-feira (25), um desempregado de 24 anos por tráfico de drogas. O homem estava em liberdade condicional pela prática do mesmo crime. A apreensão ocorreu na rua João dos Santos Lima, no bairro Águas Claras, zona norte do município.

Segundo informações do boletim de ocorrência, as equipes já tinham informações de que o suspeito estaria comercializando entorpecentes nos bairros Águas Claras e Verde Parque com o auxílio de seu veículo VW/Gol, de cor verde. Recentemente, o GOE cumpriu mandado de busca e apreensão na residência do investigado, localizada no bairro Porto Real, mas na ocasião não encontrou nada de ilícito.

Durante a quarta-feira, durante patrulhamento de rotina, os policiais cruzaram com o automóvel do rapaz e iniciaram o acompanhamento, já que existiam diversas denúncias contra o mesmo. Ao perceber que era perseguido, o homem acelerou o automóvel e passou a trafegar em círculos pelo bairro, na tentativa de despistar a viatura policial.

Em determinado momento da fuga, ele jogou um objeto suspeito da janela do carro e só foi parar cerca de dez minutos depois. Na abordagem, a polícia localizou a quantia de R$ 41,00 em dinheiro e alguns objetos com resquícios de maconha no interior do veículo.

As equipes voltaram ao local de onde o indiciado havia jogado algo e localizaram duas grandes porções de maconha. O autor confessou a propriedade do entorpecente, mas não forneceu mais detalhes a respeito da procedência da droga. Ele foi conduzido até a Central de Flagrantes, onde prestou depoimento.

O delegado plantonista manteve a prisão por tráfico de drogas e trafegar em velocidade incompatível e o deixou à disposição da Justiça. Ele passou por audiência de custódia na manhã de quinta-feira (26) e depois foi transferido para o Centro de Detenção Provisória de Nova Independência, onde deverá aguardar vaga em alguma unidade prisional da região. A Polícia Civil abriu inquérito para dar continuidade às investigações.

Comment here