Compartilhe esta notícia!

ANTÔNIO CRISPIM – ARAÇATUBA
O brasileiro é louco por rádio. A expressão não é exagero. O rádio faz parte da vida de muita gente e, por extensão, os radialistas. Trata-se de uma profissão que eternizou muitos nomes. O Dia do Radialista é comemorado em duas datas. Uma oficial e a outra informal. Ha, ainda, o Dia Mundial do Rádio (13 de fevereiro). A data oficial é 7 de novembro, instituído pela Lei nº 11.327, de 27 de julho de 2006. Porém, há muito tempo se comemora o dia 21 de setembro.
A data de 21 de setembro é comemorada popularmente pelos radialistas. Foi no dia 21 de setembro de 1943 que o presidente Getúlio Vargas, sancionou a lei que fixava o salário base para os radialistas.
A Abert (Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e Televisão) adotou a data oficial, 7 de novembro, para homenagear todos aqueles que fazem do rádio esse importante meio de comunicação, serviço e entretenimento. A lei é uma homenagem ao dia de nascimento do músico e radialista Ary Barroso. O sambista, de muitos sucessos, foi eternizado com “Aquarela do Brasil”.
Desta forma, os radialistas têm duas datas para comemorar. Justo, pois o papel desempenhado pelos radialistas é muito importante, tanto na prestação de serviço, informação e entretenimento. Em determinadas regiões do Brasil, durante muito tempo o rádio era a única fonte de informação da população.

 


Compartilhe esta notícia!
Mostrar mais
Carregar mais em Brasil

Veja também

Engenheiros fazem vistoria para concluir relatório sobre obra da Pompeu de Toledo

Compartilhe esta notícia!ANTÔNIO CRISPIM – ARAÇATUBA Nessa sexta-feira engenheiros d…