CidadesEntertainment

Roteiro gastronômico no interior de SP e sul de MG é a melhor opção o final de semana

DA REDAÇÃO – SÃO PAULO

Fugir dos roteiros mais comuns e, de quebra, viajar por uma rodovia segura com uma das melhores infraestruturas para motoristas, é uma boa pedida para finais de semana e feriados prolongados. Que tal acrescentar a isso uma gama de sabores e de cultura do interior? De carro pela rodovia Fernão Dias, partindo de São Paulo, Belo Horizonte, ou de qualquer outra cidade, é possível ter experiências inesquecíveis com uma infinidade de temperos, aromas e sabores.

Interior de São Paulo
Atibaia é conhecida por ser grande produtora de morangos e flores e festeja há mais de três décadas sua fama na Festa das Flores e do Morango, realizada em setembro. Em julho, vale a pena passar pela cidade para provar o fruto em diversos formatos e seus derivados: compotas, doces, geleias, sorvetes, dentre outros. A culinária atibaiense, entretanto, vai além dessa tradição e oferece, ainda, o Virado de Ervilhas. O prato típico da cidade utiliza ingredientes da região como a ervilha e a farinha de milho branca e é muito popular entre moradores e visitantes.
Joanópolis oferece uma imersão na cultura tropeira com pratos típicos como leitão à pururuca, frango caipira e feijão tropeiro, mas o destaque é bem, digamos, folclórico. A cidade detém o título de “capital mundial do lobisomem” e além de histórias, dedica uma associação, lojas de souvenirs e até prato típico ao ser lendário. A Galinhada do Lobisomem de Joanópolis é feita em fogão à lenha e leva muitos temperos, incluindo açafrão e suco de limão.
Há outras alternativas, como Brotas e o turismo radical ou o sossego de resorts e parques thermais como Olímpia, Santa Clara D’Oeste, Araçatuba e váias outras cidades.

c1 Brotas.jpg

Sul de Minas
Extrema, em Minas Gerais, próximo à divisa com o estado de São Paulo, oferece diversas opções de passeios. Vale a pena se aventurar pelos alambiques e cachaçarias nas áreas rurais, ouvir um pouco das histórias locais e sentir os aromas e gostos das cachaças mineiras. A cidade orgulha-se em acolher o Armazém Bertolotti, um dos restaurantes mais antigos da região. Passando por lá, prove os famosos petiscos e o delicioso (e premiado) pudim de leite. No mês de julho, a dica é passar no Festival de Inverno Extremamente Caipira e Festival Sabores da Roça.
Cambuí tem como patrimônio gastronômico o Virado de Banana com Queijo. O doce, reconhecido pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (IEPHA) como patrimônio de Cambuí é o preferido da população local para o café da manhã ou no lanche da tarde. Leve o sabor de Cambuí para petiscar: queijos artesanais diferenciados. De Cambuí, siga para Gonçalves e prove a Carne de Lata no restaurante da Dona Vilma, uma carne de porco macia e suculenta preparada no fogão a lenha e que atrai dezenas de turistas a Gonçalves.
Pouso Alegre é sinônimo de Pastel de Farinha de Milho, prato tido como patrimônio da cidade. Sequinho, com massa bem fininha e recheio de angu, o prato é sucesso no Mercado Municipal de Pouso Alegre. Um dos melhores doces de leite de Minas Gerais é pousoalegrense. A Rocca oferece o doce tradicional e as versões com maracujá, coco e café.
Três Corações é conhecida por ser a terra natal do Pelé, mas a cidade ostenta ainda outros sucessos. Frango caipira, leitoa e linguiça caseira são algumas das especialidades da Venda do Chico, restaurante tradicional da cidade. De lá, siga para Cruzília e prove o premiado queijo Santo Casamenteiro. Além do sabor marcante, a mistura de gorgonzola azul com pasta de queijo, nozes e damasco tem fama de auxílio àqueles que desejam se casar.
Itaguará é um passeio para quem deseja fazer uma imersão na cultura gastronômica mineira. A cidade abriga produtores de doces, queijos e cachaças abertos à visitação e vale um dia no roteiro de qualquer turista. Para abrir o apetite, a dica é passar pelo Alambique da Cachaça Asa Branca. Lá, além de conhecer a produção da bebida, há degustação e venda de produtos. A Fazenda Capril Santa Cecília, a produtora de queijos e derivados de leite de cabra da cidade, oferece a experiência rural aliada ao sabor inesquecível de seus quitutes. O espaço conta com restaurante e parquinho. Para encerrar a aventura gastronômica, visite a produção e prove os saborosos doces de frutas do Sítio Paraíso.
Roteiro na mão, agora é só checar os itens de segurança do seu veículo e partir para a aventura! Para acompanhar as condições das estradas, acesse o twitter @Arteris_AFD – atualizado em tempo real com a situação do tráfego – e o aplicativo Waze.

c1 extrema.jpg

Comment here