Compartilhe esta notícia!

Em dois flagrantes de tráfico de drogas, a Polícia Militar de Araçatuba apreendeu mais de 45 pinos contendo cocaína em bairros distintos na cidade. As ocorrências foram apresentadas pela Força Tática e por policiais da primeira companhia da PM entre a noite de sexta-feira (30) e a madrugada de sábado (31).

O primeiro caso ocorreu na rua Ignês Aparecida de Abreu Bernardi, no bairro Jardim Esplanada. Os policiais estavam em patrulhamento de rotina quando avistaram o indiciado fazendo contato com um motociclista. Ao perceberem a aproximação da viatura, a moto seguiu em alta velocidade, mas o autor permaneceu no local.

Durante a abordagem foi localizada a quantia de R$ 70,00 em dinheiro. O suspeito revelou ser morador do bairro São José, o que causou estranheza aos PMs, pois aquele local ficava longe. O rapaz, que tem 25 anos de idade, estava com a chave de uma casa abandonada em frente ao endereço. Lá dentro, durante uma vistoria, a polícia localizou 41 pinos contendo cocaína, além de diversos microtubos vazios.

O jovem confessou que realmente estava ali para fazer o comércio de entorpecentes e revelou ter vendido até aquele horário cerca de sete pinos. Apesar disso, o indiciado não contou sobre a procedência do entorpecente. Ele foi preso em flagrante e levado até a delegacia, onde prestou depoimento. O delegado plantonista o manteve detido, à disposição da Justiça.

TRÁFICO EM POSTO

Algumas horas depois da primeira ocorrência, já durante a madrugada de sábado, policiais militares receberam denúncia anônima informando que um estudante de 18 anos estaria traficando drogas em frente a um posto de combustível, na rua Aguapeí.

As equipes se deslocaram até o endereço e chegando lá realmente encontraram o suspeito. Na revista pessoal, os PMs localizaram cinco pinos contendo cocaína, um celular, além de R$ 67,00 em dinheiro. O indiciado alegou ter encontrado o entorpecente em frente a residência onde mora e, diante disso, iria dispensá-lo perto do posto.

A história não convenceu a polícia, que deu voz de prisão por tráfico de drogas. O rapaz permaneceu à disposição da Justiça e passou por audiência de custódia. A Polícia Civil abriu inquérito para investigar os casos.


Compartilhe esta notícia!
Mostrar mais
Carregar mais em Cidades

Veja também

Caso Mustang: Ministério Público vai recorrer de decisão que condenou empresário

Compartilhe esta notícia!O Ministério Público de Araçatuba entrou com recurso de apelação …