CidadesPlantão Policial

Motorista de aplicativo alega ter sido vítima de roubo e agressão

A Polícia Civil de Araçatuba vai investigar um suposto assalto contra um motorista de aplicativo durante a madrugada de quinta-feira (15), no bairro Nobre Ville. A vítima teria sido agredida durante a ação e deu entrada no Pronto-Socorro Municipal com diversos ferimentos, principalmente na região da cabeça.

Conforme o registro do boletim de ocorrência, o motorista contou aos policiais militares que durante a noite parou em frente a um bar, localizado na rua Joaquim Fernandes de Souza Nobre, para tomar cerveja. Em determinado momento, dois indivíduos desconhecidos teriam aparecido no local e pediram por uma corrida. O dono do estabelecimento comercial disse à vítima que poderia fornecer o serviço, pois conhecia os dois suspeitos.

Ainda de acordo com o depoimento do motorista, durante o trajeto os dois autores anunciaram o roubo. Eles levaram R$ 400,00, além do celular do motorista e o carro. Ele disse ter sido abandonado em um matagal e lá teria sofrido diversas agressões.

Alguns minutos depois, o homem conseguiu pedir ajuda e foi socorrido por populares até a unidade hospitalar. Em patrulhamento, os PMs conseguiram encontrar o veículo estacionado no mesmo bar que o declarante afirma ter saído para a corrida. No hospital, ele ainda informou o endereço dos supostos agressores. A polícia foi até a residência e encontrou somente a mãe deles. Ela contou que os filhos não estavam em casa desde a noite anterior.
Dentro do carro do motorista, a polícia encontrou o celular dele e outros objetos. A proprietária de uma residência nos fundos do bar foi localizada e disse que por volta das 21h30 de quarta ela escutou uma briga em frente ao comércio. Com essas informações, o delegado plantonista registrou o caso como boletim de ocorrência não criminal, justamente para apurar as circunstâncias dos fatos e ter certeza, por meio de inquérito policial, se a vítima realmente foi vítima de um roubo.

Comment here