BrasilCidadesEsportesInternacional

COPA AMÉRICA: Peru elimina Uruguai nos pênaltis e vai à semi

DA REDAÇÃO – SALVADOR

Uruguaios marcaram três gols, anulados por impedimento, e caíram por 5 a 4 nas penalidades

O Peru eliminou o Uruguai nos pênaltis por 5 a 4 depois de empatar em 0 a 0 no tempo normal  na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA), pelas quartas de final da Copa América.
Suárez perdeu a primeira cobrança do Uruguai, defendida por Gallese, Guerrero fez o primeiro do Peru. Cavani abriu a contagem e Ruidíaz manteve também converteu. Stuani fez o segundo para o Uruguai e Yotún desempatou. Bentancur fez e Advíncula também. Torreira balançou as redes e Florez marcou o da classificação.
No tempo normal, o Uruguai teve três gols anulados corretamente por impedimento, um de Arrascaeta, um de Cavani e outro de Suárez. A Celeste teve as melhores chances, mas não conseguiu evitar os pênaltis. Na semifinal, o Peru enfrentará o Chile, quarta-feira, na Arena do Grêmio. O vencedor enfrentará Argentina ou Brasil na final da Copa América, no Maracanã.
O Uruguai teve as principais chances contra o Peru no primeiro. A Celeste fugiu de seu estilo e propôs o jogo, enquanto “La Blanquirroja” optou por ficar atrás da linha da bola e buscar os contra-ataques. Aos 23, Cavani perdeu chance incrível, mas havia impedimento na jogada. No minuto 28, De Arrascaeta marcou, mas Nández estava fora de posição no início do lance. E aos 36, Cavani ficou a cara a cara e viu Gallese sair bem para defender. A única chance clara do Peru na Fonte Nova ocorreu aos 43, quando Guerrero recebeu de Cueva na pequena área e foi interceptado providencialmente por Giménez.
O Peru voltou melhor para a etapa final e teve boa chance com Guerrero, aos nove minutos. O centroavante finalizou na pequena área, mas a bola foi travada antes de chegar em Muslera. O Uruguai respondeu aos 12, quando Godín recebeu na marca do pênalti e isolou, e no minuto 13, quando Cavani encobriu Gallese e marcou, mas a arbitragem anulou novamente por impedimento.
E aos 27 minutos, o Uruguai fez o terceiro gol – e o terceiro anulado. Cáceres cruzou e Suárez, um pouco à frente da linha de defesa, completou na pequena área. Depois de ter o terceiro gol invalidade, o Uruguai não manteve o ritmo. Nos minutos finais, nenhuma nova grande chance foi criada e a partida foi para os pênaltis depois de muita cera e todo time do Peru na defesa.
O Peru, do técnico Ricardo Gareca, jogou com Gallese; Advincula, Zambrano, Abram, Trauco; Tapia, Yotún, Carrillo (Gonzáles), Cueva (Ruidíaz); Florez e Guerrero. O Uruguai, comandado por Óscar Tabárez, atuou com Muslera; Martín Cáceres, Giménez, Godín e Gio González; Valverde (Stuani), Bentancur, Nández (Torreira) e Arrascaeta; Cavani e Suárez.

 

Comment here