Compartilhe esta notícia!

A partir das 16h deste sábado, Brasil e Peru se enfrentam pela liderança do Grupo A da Copa América, na Arena Corinthians. A equipe brasileira tem uma vitória por 3 a 0 sobre a Bolívia e um empate sem gols contra a Venezuela. O Peru também empatou sem gols com a Venezuela e bateu a Bolívia por 3 a 1. A equipe vencedora deste confronto chegará a sete pontos e terminará como primeira colocada do Grupo A.
A incapacidade de balançar as redes venezuelanas reviveu o fantasma do lesionado Neymar, cujo escândalo policial pairava sobre as intenções da Seleção de conquistar pela nona vez o título da Copa América. Os dribles e gols do craque do PSG, porém, fizeram falta em Salvador. E a atuação brasileira voltou a impacientar a torcida, que já não vem mostrando muita empolgação com a Copa América, sequer lotando os estádios nas partidas do Brasil.
Antes, na estreia contra a Bolívia em São Paulo, que terminou com vitória brasileira por 3 a 0, a torcida não se mostrou convencida e, assim como no duelo contra a Venezuela, vaias puderam ser ouvidas das arquibancadas. “Temos muita motivação, é um jogo importante, muito difícil e um adversário muito qualificado como todos que vieram à Copa América”, declarou Philippe Coutinho, meia do Barcelona e autor de dois gols nesta Copa América.
O meia Arthur estará disponível para jogar, recuperado de um golpe sofrido na partida contra a Venezuela, mas Fernandinho é dúvida devido a uma lesão no joelho direito. Casemiro e Coutinho chegam ao jogo pendurados e, caso recebam outro cartão amarelo, ficarão de fora de um eventual confronto nas quartas de final.

PERU
O Peru versão 2019 destoa um pouco da equipe que foi buscar a classificação para a Copa do Mundo da Rússia-2018, após 36 anos de ausência. Sem os zagueiros que sustentavam a defesa peruana, Christian Ramos e Alberto ‘ Mudo’ Rodríguez, o técnico Ricardo Gareca não conseguiu encontrar a mesma segurança atrás. E, para piorar, é possível que a dupla de zaga em que Gareca confia não poderá enfrentar o Brasil. Carlos Zambrano sentiu um incômodo na vitória por 3 a 1 sobre a Bolívia e não treinou com os companheiros na quinta-feira. Seu substituto seria Miguel Araujo ao lado de Luis Abram.
Mais uma vez, a principal aposta peruana será Paolo Guerrero, maior artilheiro em atividade da Copa América com 12 gols, empatado com o chileno Eduardo Vargas. Guerrero conhece como poucos o técnico Tite, que comandou o atacante na conquista do Mundial de Clubes pelo Corinthians em 2012. “Vamos fazer de tudo para ganhar porque queremos nos classificar”, alertou o hoje atacante do Internacional.
O Peru também precisa ficar atento com os pendurados, já que quatro de seus jogadores (Zambrano, Guerrero, André Carrillo e Renato Tapia) poderiam ficar de fora das quartas de final caso recebem outro cartão.

DA REDAÇÃO
São Paulo


Compartilhe esta notícia!
Mostrar mais
Carregar mais em Cidades

Veja também

Penapolense vence após cinco rodadas e se afasta da zona de rebaixamento

Compartilhe esta notícia!DA REDAÇÃO – PENÁPOLIS A vitória do Penapalense sobre o Aud…