Compartilhe esta notícia!

Lisley Silvério – São Paulo

O Governo de São Paulo criou, ao fim de março de 2016, o Grupo Gestor do Plano Estadual da Agricultura de Baixo Carbono, a internalização paulista do Plano Setorial de Mitigação e de Adaptação às Mudanças Climáticas para a Consolidação de uma Economia de Baixa Emissão de Carbono na Agricultura, abreviado como Plano ABC. A iniciativa será apresentada na Agrishow 2019, em Ribeirão Preto, que será realizada de 29 de abril a 3 de maio.
Comprometidos com a produção agropecuária sustentável, três pesquisadores do IZ/Apta são integrantes do Grupo Gestor do Plano ABC, que buscará alternativas para fortalecer a agricultura de baixo carbono, a integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF), o plantio direto, as novas tecnologias de recuperação de áreas degradadas, os cuidados para evitar o assoreamento de cursos d’água e o avanço tecnológico da irrigação.
O escopo amplo do Plano ABC é atender ao compromisso assumido pelo país junto à comunidade internacional para mitigar a emissão de gases de efeito estufa (GEE) pela agricultura. É um plano setorial do Governo Federal, que tem por finalidade organizar e planejar a adoção das tecnologias de produção sustentáveis pela agropecuária brasileira.
Dos sete programas do Plano ABC, seis deles tem como objetivo apoiar a adoção de tecnologias de mitigação de GEE: Recuperação de Pastagens Degradadas, Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) e Sistemas Agroflorestais (SAFs), Sistema Plantio Direto (SPD), Fixação Biológica de Nitrogênio (FBN), Florestas Plantadas e Tratamento de Dejetos Animais. O sétimo programa propõe ações de adaptação às mudanças climáticas.
No setor agrícola, a proposta é fortalecer o Plano de Agricultura de Baixa Emissão de Carbono (Plano ABC) como a principal estratégia para o desenvolvimento sustentável na agricultura, inclusive por meio da restauração adicional de 15 milhões de hectares de pastagens degradadas até 2030 e pelo incremento de 5 milhões de hectares de sistemas de integração lavoura-pecuária-florestas (ILPF) até 2030.
O Programa de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) é uma ação da SAA realizada por meio dos polos regionais e de institutos de pesquisa da APTA e da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral.
Neste ano de 2019, o IZ e a Apta Regional em Andradina realizarão eventos de capacitação abordando a Recuperação de Pastagens e a Integração Lavoura-Pecuária-Floresta. Um dos propósitos do Plano ABC está na transferência do conhecimento, buscando a harmonia entre meio ambiente e agricultura, entre geração de emprego e renda e preservação ambiental.
O evento visa capacitar técnicos, extensionistas e pesquisadores da Secretaria de Agricultura e Abastecimento. Além da capacitação de técnicos de outras entidades participantes do Grupo Gestor Estadual do Plano ABC
O desafio está sempre em encontrar soluções viáveis para mitigar os efeitos das emissões dos GEE da agropecuária paulista.


Compartilhe esta notícia!
Mostrar mais
Carregar mais em Brasil

Veja também

Petroleiros fecham acordo e encerram greve de 20 dias

Compartilhe esta notícia!André Richter Curitiba Representantes da Federação Única dos Petr…