Cidades

Biometria será obrigatória para mais 596 mil eleitores da região na próxima eleição

O que era facultativo até a eleição do ano passado, na próxima, será regra. O eleitor que não tiver cadastro biométrio não poderá votar no pleito de 2020, quando serão eleitos prefeitos e vereadores em municípios de todo o Brasil. O prazo para se adequar à exigência começou nesta semana.
Na última segunda-feira, o TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral do Estado de São Paulo) divulgou lista com 478 cidades – um universo de 11,5 milhões de eleitores – em que a biometria será obrigatória.
Na relação, constam 32 cidades da região de Araçatuba, que, juntas, somam exatamente 596,8 mil pessoas aptas a votar. Desde segunda passada também, os votantes já podem fazer o cadastramento obrigatório.
De acordo com o tribunal, os eleitores que não comparecerem ao cartório eleitoral ou a postos de atendimento até o prazo final terão seus títulos cancelados. Se assim acontecer, além de ficarem impedidos de participar das eleições, não poderão também obter empréstimos em bancos oficiais, inscrição em concursos públicos, emissão de passaporte e a de CPF, entre outras restrições ocasionadas pela falta de título de eleitor.
O atendimento será feito, mediante agendamento, nos cartórios eleitorais e nas unidades do Poupatempo que disponham de serviços eleitorais. No caso dos cartórios, o eleitor deve agendar o seu atendimento pelo site do TRE-SP – www.tre-sp.jus.br. Já nas unidades do Poupatempo, o procedimento deve ser feito no site do próprio órgão. Ter em mãos o número do título eleitoral facilita o agendamento, ressalta o tribunal.
Na região, o prazo para regularização varia entre os municípios. Para Buritama, Lourdes, Promissão e Turiúba, o procedimento deve ser feito até 31 de outubro. Já em Ilha Solteira e Itapura, 29 de novembro; enquanto Alto Alegre, Andradina, Araçatuba, Avanhandava, Barbosa, Bento de Abreu, Birigui, Braúna, Brejo Alegre, Castilho, Clementina, Coroados, Glicério, Guaraçaí, Lavínia, Lins, Luiziânia, Mirandópolis, Murutinga do Sul, Penápolis, Pereira Barreto, Santo Antônio do Aracanguá, Santópolis do Aguapeí, Sud Mennucci, Suzanápolis e Valparaíso, 19 de dezembro.

PRESTAR ATENÇÃO
O chefe do cartório da 299ª Zona Eleitoral de Araçatuba, Carlos Cotrim, explica que só não haverá cancelamento se for determinada a prorrogação de prazo. E ressalta: “Quem já fez a biometria antes do dia 4 de fevereiro não precisa se preocupar. A biometria feita anteriormente é válida. Não é necessário fazê-la novamente”.
Segundo o diretor, em Araçatuba, a biometria começou em 24 de agosto de 2015. “O título é igual ao anterior, apenas constando do lado direito superior os seguintes dizeres: ‘identificação biométrica’. O eleitor em dúvida pode comparecer ao cartório para verificarmos”, explica Cotrim.

Meta é concluir operação até a eleição de 2022

Em relação à biometria, a meta do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) é concluir a operação em todo o Brasil até 2022. Até o início deste ano, o cadastramento biométrico no Estado foi realizado por 15.261.556 eleitores, ou seja, 46% do eleitorado paulista, dos quais 4.416.373 (48% dos eleitores) estão na Capital.
No ciclo da biometria obrigatória 2017/2018, 92 municípios concluíram o procedimento, totalizando 107 cidades que completaram o cadastramento obrigatório no Estado de São Paulo. Da região, foram os seguintes municípios: Auriflama, Bilac, Rubiácea, Nova Castilho, Nova Independência, Nova Luzitânia, São João de Iracema, Gabriel Monteiro, Gastão Vidigal, General Salgado, Guararapes, Guzolândia e Piacatu.

Confira quais as cidades da região em que a biometria passará a ser regra e o o número de eleitores de cada uma:

Buritama – 13.403
Lourdes – 1.967
Promissão – 28.282
Turiúba – 1.731
Ilha Solteira – 21.425
Itapura – 3.859
Alto Alegre – 3.732
Andradina – 44.347
Araçatuba – 144.287
Avanhandava – 7.877
Barbosa – 5.362
Bento de Abreu – 2.189
Birigui – 85.382
Braúna – 4.222
Brejo Alegre – 2.659
Castilho – 14.664
Clementina – 5.489
Coroados – 4.154
Glicério – 4.060
Guaraçaí – 6.801
Lavínia – 4.187
Lins – 56.995
Luiziânia – 4.006
Mirandópolis – 20.213
Murutinga do Sul – 3.592
Penápolis – 46.129
Pereira Barreto – 20.501
Santo Antônio do Aracanguá – 6.414
Santópolis do Aguapeí – 3.392
Sud Mennucci – 6.367
Suzanápolis – 2.996
Valparaíso – 16.116

TOTAL 596,8 mil

Comment here