Cidades

Chuvas causam transtornos e prejudicam os deslocamentos em São Paulo

As chuvas que atingiram a capital paulista nesta madrugada causaram diversos transtornos e reflexos na manhã de hoje (4). Às 10h20, a cidade ainda registrava, de acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), 15 pontos de alagamento, sendo dois intransitáveis. Havia vias completamente interrompidas na Vila Maria, zona norte, e em Parelheiros, extremo sul. Ao todo, 40 locais em toda a cidade chegaram a sofrer inundações.

O Corpo de Bombeiros atendeu, desde a meia-noite, 47 ocorrências de quedas de árvore, quatro chamados por desmoronamentos e 36 por alagamentos.

Os usuários do transporte público também enfrentaram problemas. Na Estação Pinheiros, onde é feita a integração entre a Linha Amarela do Metrô e a Linha Esmeralda da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, os passageiros tinham dificuldades para embarcar. As plataformas dos trens ficaram completamente congestionadas, formando longas filas nas escadas de acesso, devido à lentidão na circulação das composições no sentido Grajaú.

Na Estação Conceição, da Linha Azul do Metrô, também se formaram longas filas para entrada. Pelas redes sociais, o Metrô negou problemas de operação, mas restringiu o acesso devido ao grande número de passageiros.

A cidade registrava às 10h20, 117 quilômetros de congestionamento. A pista expressa da Marginal Tietê chegou a ficar intransitável na altura da Ponte das Bandeiras. Na Avenida dos Bandeirantes, no sentido de quem chega do litoral pela Imigrantes, a Companhia de Engenharia de Tráfego registrava 1,8 quilômetro de engarrafamento.

Por Daniel Mello – Repórter da Agência Brasil – São Paulo

Comment here