Compartilhe esta notícia!

DA REDAÇÃO – SÃO PAULO

O Corinthians conseguiu o que precisava na tarde de ontem no Allianz Parque. Mesmo diante de um Palmeiras que ameaçou diversas vezes na jogada aérea e manteve a posse bola em mais da metade da partida, o Timão conseguiu o gol logo de cara, logo aos sete minutos de jogo, com o desacreditado Danilo Avelar, e segurou a vantagem até o final do jogo. O resultado acalma o início de ano ruim da equipe na temporada 2019.
Com o resultado, o clube chega a sete pontos conquistados no Grupo C, empatando em número de tentos com a Ferroviária, que ainda joga no final de semana. Mais que isso, consegue seu primeiro grande resultado do ano. O Verdão, por sua vez, perde a primeira no ano, estacionando nos dez pontos conquistados. O clube do Parque São Jorge, aliás, chega a quatro vitórias na casa do rival, contra duas do adversário e um empate.
O jogo ficou pegado na parte final e, em contragolpe, Deyverson sofreu falta perigosa. Quando era o momento de inflamar a torcida, porém, o atacante cuspiu em Richard antes da batida. O vermelho esfriou o ímpeto dos mandantes e quem esteve mais perto de marcar foi o Corinthians nos minutos finais. A falta de calma de Pedrinho e de precisão no passe final, porém, mantiveram o placar em 1 a 0.
Na próxima rodada, os comandados de Luiz Felipe Scolari terão pela frente o Bragantino, mais uma vez no Allianz, às 20h (de Brasília) da segunda-feira, dia 11, pelo Paulista. Fábio Carille e seu elenco, por sua vez, visitam o Novorizontino no domingo, dia 10, mas antes terão um duelo decisivo pela Copa do Brasil: jogo eliminatório contra o Ferroviário, às 21h (de Brasília) da quinta, em Londrina, pela primeira fase do torneio nacional.
O Timão jogou e venceu com Cássio; Fagner, Manoel, Henrique e Danilo Avelar; Ralf e Ramiro (Richard); Sornoza, Jadson (Pedrinho) e Mateus Vital (Gustavo Silva); Gustagol. O Verdão perdeu com Weverton; Mayke, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique (Gustavo Scarpa) e Lucas Lima; Carlos Eduardo (Felipe Pires), Dudu e Borja (Deyverson). O público foi de 38.550 torcedores alviverdes.

 


Compartilhe esta notícia!