Cidades

Dentro de catedral, homem mata quatro, fere outras quatro e se suicida

A Polícia Civil de Campinas confirmou na tarde desta terça-feira (11) que o atirador que matou quatro pessoas durante uma missa na Catedral Metropolitana de Campinas (SP) é Euler Fernando Grandolpho, de 49 anos, que tem Carteira Nacional de Habilitação (CNH) registrada em Valinhos (SP). Ele cometeu suicídio após o crime e outras quatro pessoas ficaram feridas no ataque. O incidente ocorreu por volta de 13h25, segundo a Polícia Militar.
Um homem de 84 anos, que foi atingido no tórax e no abdômen durante tiroteio na Igreja da Sé em Campinas (SP), passa por cirurgia nesta tarde no Hospital Municipal Doutor Mário Gatti. Entre os feridos, ele é que tem o quadro mais grave. Na mesma unidade, uma mulher de 65 anos está estável e permanece em observação. Ela foi ferida no tórax e na mão e teve uma fratura na clavícula. Outra mulher, que foi levada ao Hospital das Clínicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), também está estável e permanece em observação pela equipe de trauma. A idade dela não foi confirmada. A quarta pessoa ferida foi encaminhada ao Hospital da Beneficência Portuguesa de Campinas.
De acordo com relatos, o homem entrou na igreja, misturou-se aos fiéis. Ao final da missa, que havia começado às 12h15, passou a atirar contra as pessoas e se matou. Ele efetuou aproximadamente 20 disparou. Ainda não se sabe a motivação. Em nota, a SSP dz que policiais militares atiraram contra o autor dos disparos e que, em seguida, ele se matou. A nota informa também que imagens das câmeras de segurança da igreja foram apreendidas e serão analisadas.

DA REDAÇÃO
CAMPINAS

Comment here