Cidades

Algas mudam coloração do Rio Tietê e Cetesb recomenda cautela aos banhistas

Há várias semanas comunidades com acesso ao Rio Tietê vêm reclamando da presença de vegetação e da coloração verde. Além da mudança da cor, a água tem aspecto oleoso e exala cheiro ruim. O problema começou em Arealva, próximo a Bauru e atingiu outras cidades, como Sabino e Barbosa. Na semana passada, foi a cidade de Pereira Barreto, onde a Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) recomendou que os banhistas fossem alertados para evitar contato com a água. Mesmo assim, no fim de semana, a Praia Por do Sul ficou repleta de banhistas. Nesta terça-feira (11), a Cetesp fará nova análise da água.
Na cidade de Arealva, foi constatada a presença excessiva de aguapés, que acontece devido à alta concentração de poluição no rio. O aumento de nutrientes químicos, como fósforo e nitrogênio, causa o fenômeno chamado de “eutrofização aquática”. Isso provoca o crescimento de alguns organismos aquáticos.
Em Sabino e Barbosa, onde o fenômeno foi constatado há aproximadamente duas semanas, pescadores relataram a presença de algas e a coloração verde. Eles chegaram a apontar a morte de peixes. Por isso, não é recomendável o contato com a água e tampouco e consumo de peixes pescados nestas áreas de excesso de alga.
Na semana passada, moradores e autoridades de Pereira Barreto perceberam a mudança da coloração da água. “A Prefeitura esclarece que encaminhou Ofício de nº 041/2018/SECTUR, a Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) de Jales solicitando uma análise das águas da praia Pôr do Sol”, diz nota da Prefeitura. “Informa-se que a Cetesb realizou na data de hoje (07.12.2018) uma vistoria na praia do Por do Sol em Pereira Barreto, identificando nas proximidades a presença de florações de algas. Desta forma, essa situação já indica uma condição de praia imprópria para o banho. Recomenda-se, preventivamente, que a Prefeitura de Pereira Barreto informe a população sobre essa condição, a fim de que a mesma evite o contato direto com a água dessa praia neste fim de semana.
Além disso, em atenção aos termos ofício 041/2018 SECTUR, de 05/12/2018, está programada para a próxima terça feira (11.12.2018) uma nova avaliação visual e coleta da água da praia, a fim de avaliar a condição de balneabilidade desse local.
Assim que tivermos os resultados das análises, comunicaremos a prefeitura”, informa nota da Cetesb, distribuída pela Prefeitura.

ANTÔNIO CRISPIM
Pereira Barreto

Comment here