Compartilhe esta notícia!

Um aposentado de 66 anos caiu em um golpe do ‘chupa-cabras’, em Araçatuba, e perdeu mais de cinco mil reais no domingo (16). A vítima procurou a Central de Flagrantes para registrar boletim de ocorrência.

Ela informou em depoimento aos investigadores que durante a manhã de domingo foi até uma agência bancária localizada  na rua Olavo Bilac, no Centro da cidade, para fazer uma transferência da conta poupança para a conta corrente, a fim de fazer um saque em dinheiro.

Por duas vezes em dois caixas eletrônicos diferentes, o declarante tentou fazer a operação, mas não conseguiu. No terceiro aparelho, ao inserir o cartão bancário na máquina, o mesmo foi ‘engolido’ pelo caixa eletrônico, não conseguindo mais o tirar lá de dentro. Nesse momento, um indivíduo desconhecido que estava no interior da agência percebeu a situação e ofereceu ajuda ao aposentado.

O homem disse para o idoso tentar ligar em um número telefônico que estava colado em um dos caixas. Logo em seguida, outro indivíduo entrou na agência e ao ficar sabendo o que estava acontecendo ofereceu o aparelho celular para que a vítima fizesse a ligação. Sem desconfiar de nada, o aposentado ligou no número e foi atendido por uma mulher.

A estelionatária disse para o declarante sair do local e soletrar a senha dele. A vítima fez o que ela pediu e foi informado logo em seguida para retornar no dia seguinte à agência para poder fazer a retirada do cartão bancário. Alguns minutos depois, o aposentado foi embora, mas antes ele viu que um dos homens que ofereceu ajuda a ele estava mexendo no caixa onde o cartão foi engolido. O aposentado chegou a perguntar se o objeto tinha saído, mas o golpista disse que não.

DESCOBERTA

Já no início da tarde de domingo, o idoso recebeu uma ligação do banco, dessa vez verdadeira, onde a atendente informou que ele havia caído em um golpe e os estelionatários tinham feito um saque de R$ 1.500,00, além de compras no crédito nos valores de R$ 1.900,00, R$ 2.580,00, totalizando um prejuízo de R$ 5.980,00.

Percebendo o crime, o declarante procurou a Polícia Civil para registrar um boletim de ocorrência. Um inquérito foi aberto pelo segundo distrito policial do município, que dará andamento às investigações. A partir de agora, os investigadores tentarão levantar as imagens de câmeras de segurança da agência bancária a fim de identificar os dois homens que estavam ali dentro e ofereceram ajuda ao idoso. Até o fechamento desta edição nenhum suspeito havia sido preso pela polícia.


Compartilhe esta notícia!