Compartilhe esta notícia!

O fim de semana foi marcado por violência no trânsito na região. Dois acidentes deixaram uma pessoa morta e outras três feridas em Ilha Solteira e Guararapes. As batidas aconteceram em estradas vicinais.

Em Ilha Solteira, um homem identificado como Ivan Carlos Ferreira, de 51 anos, não resistiu aos ferimentos. Ele conduzia uma motocicleta pela estrada que liga o município às prainhas da cidade quando, por motivos a serem esclarecidos, perdeu o controle da direção e bateu em uma árvore. Chovia no momento do acidente.

De acordo  com informações apuradas pela reportagem do jornal O LIBERAL REGIONAL, nenhuma testemunha teria visto o momento da batida. O corpo do homem só foi localizado algum tempo depois quando duas pessoas passaram pelo local e viram toda a situação. Equipes da Polícia Militar foram acionadas e uma viatura do Resgate, do Corpo de Bombeiros.

A vítima foi levada ainda com vida para o Hospital Regional de Ilha Solteira, mas ao chegar até a unidade hospitalar não resistiu aos ferimentos e morreu alguns minutos depois. O corpo foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal), onde passou por exame necroscópico. Um laudo deverá ficar pronto em até 30 dias.

A perícia técnica também compareceu à vicinal tentando coletar evidências que possam auxiliar nas investigações sobre as circunstâncias da batida. A Polícia Civil já abriu um inquérito para começar a investigar o caso. Depois de ser liberado no IML, o corpo seguiu para o velório e sepultamento.

GUARARAPES

Mas o fim de semana também foi violento nas estradas mais próximas da região de Araçatuba. Em Guararapes, três pessoas, sendo dois adolescentes, ficaram gravemente feridos em um atropelamento na vicinal Tenente Rio Branco, que dá acesso à rodovia Marechal Rondon (SP-300).

Segundo apurou a reportagem, dois menores caminhavam pela estrada durante a noite de domingo (16) ao voltarem de uma pescaria quando uma gestante, que estava em uma motocicleta, não conseguiu frear a tempo e acabou atropelando os dois adolescentes.

Um dos menores caiu e foi atropelado pela segunda vez por outro veículo que seguia no mesmo sentido. Tanto os jovens quanto a gestante sofreram ferimentos e foram socorridos por ambulâncias do município. Pela gravidade dos ferimentos, eles tiveram que ser transferidos ainda durante a noite para a Santa Casa de Araçatuba, onde permaneceram internados. O estado de saúde não foi informado.

O motorista do carro não teve nenhum ferimento. Ele permaneceu no local do atropelamento e ajudou no socorro às vítimas. Equipes da Polícia Militar isolaram a área para o trabalho da perícia técnica. Um laudo deverá ficar pronto em até 30 dias para ajudar nas investigações. A Polícia Civil de Guararapes abriu inquérito para dar andamento às apurações sobre as circunstâncias da ocorrência.


Compartilhe esta notícia!